sábado, 11 de dezembro de 2010

Presidente Lula muda agenda no Cariri

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva vai assinar a ordem de serviço do trecho Missão Velha-Pecém, orçado em R$ 1,6 bilhão do total de R$ 5,4 bilhões do empreendimento. Serão 527 quilômetros de trilhos até o Complexo Portuário e Industrial do Pecém, em São Gonçalo do Amarante (Região Metropolitana de Fortaleza). O anúncio foi feito ontem pela Assessoria de Imprensa do Planalto que se encontra em Juazeiro do Norte, preparando a visita do presidente à Missão Velha, onde ele inspecionará as obras da Ferrovia Transnordestina. 



O primeiro lote do trecho Missão Velha-Pecém, cerca de 50km, já está em obra, com a terraplanagem e sondagens para a construção de pontes e viadutos. O engenheiro ferroviário Cleiton de Jesus Gadelha Ribeiro, do Ministério dos Transportes, informou que as desapropriações no Ceará estão sendo executadas pelo Governo do Estado, por meio da Companhia Cearense de Transportes Metropolitanos (Metrofor), que já desapropriou 192km.

Cleiton Gadelha destacou que a ferrovia está sendo construída em duas bitolas. Uma com um 1m de largura e a outra com 1,60m, que possibilita, segundo o engenheiro, o transporte de carga mais seguro e mais barato. Ele destacou que, assim for que assinado o contrato, as obras terão início com um prazo de 30 meses para conclusão.
O engenheiro Marcelo Vieira de Melo, do Ministério dos Transportes, informou ontem que a conclusão total da Transnordestina está prevista para até dezembro de 2012, e ligará o Município de Eliseu Martins (PI) aos portos de Suape (PE) e Pecém (CE).

Na agenda do presidente não está incluída a inauguração do Hospital Regional do Cariri, conforme foi divulgado na região. A Assessoria de Imprensa informou que a vinda de Lula ao Ceará destina-se apenas ao Município de Missão Velha para visitar o canteiro de obras da Ferrovia Transnordestina. O avião presidencial vai pousar no Aeroporto do Cariri, em Juazeiro do Norte, na segunda-feira à tarde, em horário ainda a ser confirmado, caso não chova. Se chover, o "Aerolula", a exemplo de outras grandes aeronaves, não consegue aterrissar.

Do aeroporto, Lula seguirá de helicóptero para o túnel que passa por baixo da CE-293, na localidade denominada de Café da Linha. Em seguida, percorre o primeiro trecho de 15km, a bordo de um trem de passageiros da Companhia Ferroviária Nacional (CFN), para o marco zero, no entroncamento de Missão Velha para o Porto do Pecém. 

Na mesma tarde, o presidente participa de um ato público na Praça Luiz Jucá Arrais Maia, ao lado da estação ferroviária de Missão Velha, no mesmo local onde, há quatro anos, assinou a ordem de serviço para o início da obra que prevê a construção de 1.728 quilômetros e a remodelação de 550 quilômetros da ferrovia.

O presidente pernoita em Juazeiro, depois segue para São José de Piranhas (PB). No percurso, sobrevoa o projeto de transposição do São Francisco em Mauriti. Ele vai observar um Cariri verde com rios cheios com as chuvas que caíram nos últimos dois dias na região.

Fonte: Diário do Nordeste

Nenhum comentário:

Postar um comentário