terça-feira, 4 de janeiro de 2011

PMDB quer discutir salário mínimo com equipe econômica

O líder do PMDB na Câmara dos Deputados, deputado Henrique Eduardo Alves (PMBD-RN), afirmou nesta terça-feira (4) após reunião com dirigentes da legenda que o partido tentará um encontro com a equipe econômica do governo para discutir o valor do salário mínimo.

"Não estou convencido [sobre o valor de R$ 540 ser ideal]. Não defendo valor algum, queremos conhecer de perto as razões para escolherem este valor", disse Alves. Ele confirmou ainda que a prioridade do Congresso na volta do recesso parlamentar, em fevereiro, é discutir o tema.

Justamente pelo fato de primeira semana dos trabalhos no Congresso ser tomada pela definição da presidência e da Mesa Diretora das duas casas sobre o salário mínimo, o PMDB, por meio do vice presidente Michel Temer, discutiu com a presidente Dilma Rousseff, a possibilidade de adiar a indicação para nomes do segundo escalão do governo.

Ainda nesta terça-feira (4), o vice-presidente Michel Temer entrega ao partido uma carta informando a sua licença do comando da sigla, que deve durar até março de 2012. Em seu lugar assume o senador Valdir Raupp (PMDB-RO).

Fonte: UOL

Nenhum comentário:

Postar um comentário