quinta-feira, 29 de julho de 2010

Juazeiro na Mídia

O O ator juazeirense José Wilker, um dos principais da Rede Globo de Televisão, admitiu ter tentado adquirir os direitos para prduzir um filme sobre a história do ariarca do Nordeste e fundador de nosso município, o Padre Cícero Romão Batista. A matéria foi veiculada na Revista Contigo e nos foi enviada pelo professor Renato Casimiro:
José Wilker como o matador Zeca Diabo em O Bem Amado





Em O Bem Amado, filme de Guel Arraes baseado na história de Dias Gomes, José Wilker interpreta Zeca Diabo, matador com “dez dúzias” de mortes nas costas. Sempre amparado pela figura de Padre Cícero, chega a dizer que o santo nordestino está de cócoras no céu, vendo o que ele faz.


No vídeo abaixo, Wilker e o diretor, Guel Arraes, falam da figura controversa de Zeca Diabo, que acaba sendo um contraponto a Odorico Paraguaçu (Marco Nanini) e Vladimir de Castro (Tonico Pereira), políticos de direita e esquerda. Na vida real, Guilhermina Guinle, ex-mulher de Wilker, contou que tentou comprar os direitos da biografia de Padre Cícero para presenteá-lo, já que o ator nasceu na terra do padroeiro nordestino, Juazeiro do Norte: “Eu queria que ele fizesse o filme, mas já compraram os direitos e acho que vão fazer ano que vem”. O longa será dirigido por Sergio Machado, responsável por Cidade Baixa. Durante a pré-estreia de O Bem Amado, o site CONTIGO! perguntou ao ator sobre o projeto: “Estou acompanhando à distância. Ela [Guilhermina] me falou desse negócio uma época, eu tentei investigar onde é que estavam os direitos, e no segundo seguinte descobri que já tinham sido comprados. Eu torço para que saia dali um belo filme, porque o assunto tem material para um belo trabalho”. Ele, no entanto, não tem planos de participar do projeto: “Não. Agora, não. Estou com a cabeça em tantas outras coisas que eu sinceramente não teria como me dedicar a este tipo de projeto agora”, revelou.
Fonte: Revista Contigo
Enviado por Renato Casimiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário