terça-feira, 30 de novembro de 2010

APRECE reconhece visão municipalista de juazeiro do Norte

A presidenta da APRECE (Associação dos Municípios e Prefeitos do Estado do Ceará), Eliene Brasileiro, reconheceu publicamente a visão municipalista do prefeito Dr. Santana, que gerencia pela primeira vez os destinos do maior município interiorano. “Tem se sobressaído com ações, projetos e obras importantes que ajudam a melhorar a qualidade de vida da população”,afirmou. O reconhecimento aconteceu durante abertura do Encontro da Frente Sul de Prefeitos, realizada ontem no Hotel Verdes Vale.

Eliene Brasileiro prestou contas do biênio 2009/2010 e convocou os prefeitos presentes, para a I Marcha de 2011, prevista para janeiro, em data ainda ser confirmada. “Vamos nos encontrar com o governador, os novos deputados estaduais, federais e os senadores para exigirmos mais atenção aos pleitos municipais, e conto com adesão de todos”. Ela agradeceu o apoio concedido pelo prefeito Dr. Santana na implantação de um escritório regional da APRECE com sede em Juazeiro. “Esse apoio é fundamental, pois estaremos mais próximos para auxiliar nas orientações jurídicas e econômicas de todos os municípios do Cariri, região mais distante da capital”. Conclui.

O Secretário de Saúde do Estado, Dr. Arruda Bastos, falou pelo período da manhã sobre a exposição dos serviços da central de regulação e funcionamento do Hospital Regional do Cariri. Com inauguração prevista para o dia 10 de dezembro. Os prefeitos unânimes reconheceram a importância do novo hospital, contudo, pediram mais recursos para os hospitais pólos e unidades de saúde. Arruda Bastos garantiu ampliação dos recursos de forma inicial para os hospitais pólos.

O Prefeito Dr. Santana agradeceu as presenças das autoridades e dos participantes em Juazeiro. “É sempre positivo reencontrar tantos amigos prefeitos experientes nestes encontros, quando podemos aprender mais e trocar experiências que ajudam na execução dos serviços públicos”, ressaltou. Dr. Santana também elogiou a iniciativa conjunta da APRECE e FrenteSul em promover mais um seminário para discutir as adversidades administrativa. E ressaltou o bom trabalho realizado por José Hélder Máximo, prefeito de Várzea Alegre e presidente da entidade regional.

O vice-prefeito de Juazeiro, Dr. José Roberto Celestino, esteve presente, demonstrando sua preocupação com as finanças dos municípios brasileiros. “Hoje tomei conhecimento, oficialmente, que os prefeitos estão trabalhando, em 2010, com o mesmo teto de recursos de 2008. Isso é algo preocupante. Então, se vocês estão pagando a folha de pessoal em dia, concedendo reajustes, se já pagaram ou vão pagar o 13º salário e repassam a contrapartida das obras, vocês são verdadeiros heróis. Pois não sei como conseguem, com os recursos atuais”, concluiu, sob aplausos.

Mundo pode ficar 4 °C mais quente até 2060


Pesquisadores do Reino Unido declararam que o mundo pode ficar até 4 °C mais quente até 2060. Isso devastaria a floresta amazônica e acabaria com os ciclos das monções. Agora a Royal Society publicou um estudo detalhando como o mundo ficaria com esse aumento de temperatura.



As secas, como se pode imaginar, seriam muito mais freqüentes. A questão da água é um grande problema. Como a população irá crescer já teremos disputas sobre as reservas de água naturalmente. Mas se, além disso, a temperatura aumentar, as secas tornarão a situação ainda mais crítica.
A África subsaariana irá ter uma menor produção agrícola. Graças às secas e às mudanças climáticas, a produção de grãos na região irá cair 47% – e levando em conta que os habitantes da região já passam fome com os níveis de produção atual, esse índice é muito alarmante.
O clima diferente, o aumento dos níveis de água do mar e a falta de água potável irão fazer com que muitas pessoas precisem migrar. No entanto, os mais pobres não teriam condições e precisariam se adaptar a condições extremas.
Então devemos nos conscientizar de nossas ações e, principalmente, cobrar ações mais ecológicas de políticos e empresários. Por mais pequena que uma atitude possa parecer agora, tendo em vista esse futuro assustador, ela, com certeza, irá fazer a diferença. [NewScientist]

Leia Notícias do Cariri

Jornal do Cariri

TV CEARÁ AGORA

RÁDIO ONLINE

ENQUETES


Prestação de contas sobre gastos de campanha deve ser feita até hoje

Por: Luciano Augusto
Termina hoje (30) o prazo para que candidatos, diretórios de partidos e comitês financeiros prestem contas dos gastos nas eleições de 2010.
Segundo a Justiça Eleitoral, 20% das justificativas ainda são aguardadas. Até o momento, 19.255 prestações de contas foram registradas, entre 24.088 esperadas.
Segundo o calendário eleitoral, hoje é o prazo final para a prestação de contas do segundo turno, mas a Justiça Eleitoral ainda aceitará as informações relativas ao primeiro turno (cujo prazo se encerrou no dia 2 de novembro).
Depois disso, partidos, candidatos e comitês que não tiverem apresentado as contas responderão a um processo administrativo.
O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) já tem entendimento consolidado no sentido de que esse prazo não pode ser ampliado.
São Paulo (727 de 3.392), Rio de Janeiro (717 de 2.887) e Minas Gerais (321 de 1843).
*Com informações da Agência Brasil

Pós-graduandos pressionam Câmara por mais orçamento para bolsas

Na terça-feira passada (23), a Associação Nacional de Pós-Graduandos (ANPG) preparou duas emendas ao Orçamento Geral da União com vistas ao aumento dos recursos destinados à concessão de bolsas de pesquisa: uma para aumento dos recursos destinados à Capes e outra para o CNPq. Embora as emendas não tenham sido aprovadas, os pós-graduandos obtiveram vitória em seu pleito de aumentar as verbas para bolsas de pesquisa.

Arquivo ANPG
 
A presidente da ANPG, Elisangela Lizardo, e a vice-presidente, Carolina Pinho, com a deputada federal Jô Moraes (PCdoB/MG)
A emenda pelo aumento dos recursos do CNPq foi apresentada pela deputada federal Jô Moraes (PCdoB/MG) na Comissão de Ciência & Tecnologia, Comunicação e Informática (CCTCI).

Em seu conteúdo, a ANPG pautava a necessidade de se cumprir o Plano Nacional de Pós-Graduação (PNPG) 2005-2010, que previa o aumento de 50% dos valores das bolsas no período. Leia a íntegra da emenda elaborada ao fim da matéria.

ANPG com a deputada Luíza Erundina (PSB/SP), na reunião da CCTCI. 
A ANPG obteve um resultado vimediato vvitorioso em sua pressão junto à Câmara dos Deputados, visto que foi aprovado um remanejamento de recursos do MCT que aumenta o valor destinado à concessão de bolsas pela agência. O próximo passo é continuar pautando o aumento do valor e do número de bolsas de pós-graduação junto à Capes e ao CNPq, já que a Capes terá seu orçamento de 2011 aumentado em relação a 2010, pela própria proposta original do Orçamento 2011, e o CNPq teve aprovado este remanejamento de verbas por pressão da ANPG.

Ainda há o esforço pela apresentação de uma nova emenda para aumento do orçamento proposto da Capes pela Comissão de Educação e Cultura, que deverá se desenrolar nesta semana.

ANPG com o Deputado Nárcio Rodrigues (PSDB/MG), relator da emenda das bolsas.
Conforme apresentado no texto das emendas, para cumprir as metas do PNPG 2005-2010, o valor das bolsas de mestrado oferecidas pela Capes e pelo CNPq deveriam ter um acréscimo de 50% em relação ao valor aplicado em 2005. Se acrescentarmos a inflação do período, para que o aumento seja real, isso significa, por exemplo, que a bolsa de mestrado da Capes, que era de R$ 940 em 2005, teria que atingir o valor de R$ 1.673,00, a de doutorado passaria dos atuais R$ 1.800 para R$ 2.481,00, visto que em 2005 esta bolsa era de R$ 1.394,00. A proposta prevê ainda um aumento de 20% do número de bolsas oferecidas, para seguir com a ampliação da pós-graduação que vem sendo posta em prática.
Campanha nas universidades

Para que estas pautas se cumpram, a ANPG convoca as Associações de Pós-Graduandos (APGs) de todo o país, estudantes e grupos de pesquisa a realizar uma pressão pela ampliação do número de bolsas e reajuste do valor.

Para a presidente da entidade, Elisangela Lizardo, "a conquista da licença-maternidade para as bolsas Capes é uma prova bastante recente e concreta de que mobilizados somos capazes de pautar o avanço das políticas de humanização das bolsas, para que os pesquisadores brasileiros se sintam em condições de contribuir de forma plena ao desenvolvimento científico e tecnológico do país".

A convocação da entidade nacional é para que em cada universidade se realize debate sobre o tema, para que sejam enviadas mensagens aos parlamentares e às agências de fomento, e para que os interessados entrem em contato coma ANPG para participar da campanha por mais e melhores bolsas.

Fonte: ANPG

Primeira vitória

A Comissão, após consulta ao Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT), optou por uma outra forma de garantir mais recursos para as bolsas. Ao invés de aprovar a emenda proposta pelos pós-graduandos, a CCTCI aprovou uma emenda de remanejamento, apresetnada pela deputada Luíza Erundina (PSB/SP), que destina mais 15 milhões de reais do MCT ao orçamento do CNPq Concessão de Bolsas de Estímulo à Pesquisa.

Notícias Políticas

Desenvolvimento nas mãos de Pimentel
Alencar poderá ter alta em até dez dias, afirmam médicos
Pela Ordem 29/11Poder (quase) eterno
Dilma acerta permanência de Jobim na Defesa
Forças de segurança ocupam Morro do Alemão
Lula: Programa de Aquisição de Alimentos é revolucionário e será mantido por Dilma
Anúncio de novos ministros deve sair na próxima semana
nbsp;Rio de Janeiro avança no combate ao tráfico
DILMA E CABRAL DISCUTEM AMANHÃ, VIOLÊNCIA NO RIO
Esnobado pelo PSDB, PPS quer formar bloco de oposição com o PV

Ordem para ataques no Rio saiu de prisão federal, diz Justiça

Marcinho VP e Elias Maluco, presos em Catanduvas, teriam dado ordem a criminosos em liberdade
Juiz decretou a prisão de 3 advogados dos dois traficantes, que, segundo ele, passavam as ordens dos chefes
As ordens para ataques criminosos partiram dos traficantes Márcio Santos Nepomuceno, o Marcinho VP, e Elias Pereira da Silva, o Elias Maluco, de dentro do presídio federal de segurança máxima de Catanduvas (PR), afirma a Justiça do Rio.
O juiz Alexandre Abrahão Dias Teixeira decretou a prisão preventiva dos dois, que já estão condenados por outros crimes, como homicídio.
Também mandou prender três advogados dos traficantes: Luiz Fernando Costa, Beatriz da Silva Costa de Souza e Flávia Pinheiro Fróes -até o fechamento deste edição, eles não haviam sido detidos; foi presa a mulher de Marcinho VP, Márcia Nepomuceno, pela acusação de lavagem de dinheiro.
Segundo o juiz, os três levavam as ordens para os ataques até os traficantes em liberdade do Comando Vermelho, facção que domina o Complexo do Alemão.
"Existem indícios de que a indiciada Beatriz mantinha relacionamento amoroso com Marcinho VP e, utilizando-se deste tipo de vínculo sentimental, recebia as ordens; repassadas posteriormente aos demais", afirmou o juiz em sua decisão.
Teixeira proibiu ainda Marcinho VP e Elias Maluco de receberem visita íntima na penitenciária federal de Porto Velho (RO), para onde foram transferidos na quinta.
Os pedidos de prisão partiram do Ministério Público Estadual e basearam-se em ligações dos advogados gravadas. Já se suspeitava de que a ordem saíra de Catanduvas.
Ontem, o juiz federal Nivaldo Brunoni, corregedor da penitenciária, autorizou a transferência para Catanduvas de mais nove presos envolvidos nos ataques. Outros dez presos já haviam chegado do Rio na quarta.
A autorização é liminar. "Vamos analisar o perfil de cada um para saber se devem ficar em presídios federais."
Enquanto uns chegaram a Catanduvas, outros -como Elias Maluco e Marcinho VP- foram anteontem para Porto Velho. No total, houve troca de 15 presos de Catanduvas para Porto Velho. Segundo Brunoni, o "rodízio" entre presídios federais já era analisado, mas os ataques anteciparam esse processo.
Autor: Fonte: Folha de S. Paulo

Souza Cruz não pode mais contratar trabalhadores como "provadores de cigarro"

A Souza Cruz, fabricante nacional de tabaco, não poderá mais contratar empregados para realizar testes de cigarros. Assim decidiu a Sétima Turma do Tribunal Superior do Trabalho, ao negar provimento ao recurso de revista da empresa. A ação foi proposta pelo Ministério Público do Trabalho da 1ª Região (RJ) a partir de uma entrevista concedida por um ex-empregado empresa que cobrou na justiça comum indenização pelos sérios problemas de saúde adquiridos em vários anos como provador de cigarros.
Segundo o depoimento do ex-provador, a Souza Cruz, com o objetivo de fazer o controle de qualidade de seus produtos, mantinha um projeto chamado Painel de Fumo, no qual pessoas, em uma sala, testavam os cigarros produzidos pela empresa e pela concorrência, sem nenhuma proteção. 

Diante disso, o MPT requereu à Justiça do Trabalho que a empresa fosse condenada a não mais contratar pessoas para a função de provadores de cigarros, sob pena de multa no valor de R$ 10 mil, por trabalhador. Requereu, ainda, a manutenção e a garantia, a cada um dos trabalhadores que realizaram os testes, tratamento hospitalar e antitabagista e, por trinta anos, a realização de exames médicos. Por fim, pediu o pagamento de indenização de um milhão de reais por danos aos interesses difusos e coletivos dos trabalhadores, a ser revertido ao Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT). 

Ao analisar a ação civil pública, a Vara do trabalho condenou a Souza Cruz a todas as obrigações de fazer e não fazer requeridas pelo Ministério Público: deixar de contratar provadores, prestar assistência médica a esses trabalhadores e pagar indenização de um milhão por danos difusos e coletivos. 
Inconformada com a sentença, a empresa recorreu ao Tribunal Regional do Trabalho da 1ª Região (RJ). Alegou que os empregados que se submeteram ao serviço, todos fumantes, o fizeram por espontânea vontade, bem como alegou não haver prova de nenhum dano à saúde dos trabalhadores relacionada à função de provadores. A Souza Cruz ainda ressaltou que essa atividade não seria ilegal.

O TRT, entretanto, manteve a decisão. Para o Regional, essa atividade da empresa afronta o direito à saúde e à vida dos trabalhadores. O acórdão do TRT considerou que, nesse caso, os princípios basilares da saúde e da vida digna se sobrepõem aos argumentos trazidos pela empresa quanto ao respeito à livre iniciativa e da livre atividade econômica. Ressaltou, ainda, que os danos não dizem respeito somente aos empregados provadores, mas sim a toda coletividade que se vê prejudicada pela produção e comercialização de uma droga. A Souza Cruz, então, interpôs recurso de revista ao TST, reforçando suas teses e se insurgindo contra o deferimento da indenização e ao valor por dano moral coletivo.

O relator do recurso na Sétima Turma do TST, ministro Pedro Paulo Manus, entendeu que a empresa, ao se utilizar de pessoas com o objetivo de aferir a qualidade do produto por ela produzido, o fez em afronta à proteção do trabalhador. Segundo o ministro, a empresa deverá valer-se de novo método para a mensuração do produto, pois a vida e a saúde do trabalhador devem sempre prevalecer. No confronto com o princípio da livre iniciativa privada, prepondera o direito fundamental à saúde, destacou.

Quanto à indenização por danos morais coletivos, o relator conclui que a reparação de R$ 1 milhão, além de excessiva, não traria resultado útil, uma vez que não beneficiaria diretamente os empregados que efetivamente trabalharam como provadores de cigarro. Pedro Paulo Manus destacou ainda que, numa eventual manifestação de doença decorrente da prova do fumo, o trabalhador já estará resguardado, uma vez que o MPT conseguiu que a empresa mantenha acompanhamento médico aos trabalhadores, por 30 anos.

Assim, a Sétima Turma, ao seguir o voto do relator, decidiu, por maioria, manter a obrigação da Souza Cruz de não mais contratar provadores de cigarro e, por unanimidade, excluir da condenação a indenização por danos aos interesses difusos e coletivos aos trabalhadores. Vencido o Juiz convocado Flávio Portinho Sirângelo. (RR-120300-89.2003.5.01.0015)

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Documentário registra a história do mestre Cirilo

Cultura
Cirilo do maneiro pau, Crato, que agora é mestre da Cultura Popular, desde cedo aprendeu a importância da cultura popular. Discípulo dos mestres Dedé de Luna, Aldenir e Bigode, Cirilo vem a quase 30 anos mantendo a brincadeira do maneiro pau na comunidade da BelaVista. 
Sua história será transformada em documentário, através do projeto “No Terreiro dos Brincantes” desenvolvido pela Universidade Regional do Cariri – Urca, através da Pró-Reitoria de Extensão – PROEX e o Instituto Ecológico e Cultural Martins Filho – IEC e a parceria do Coletivo Camaradas. 
Esse será o quarto documentário. Já foram produzidos : Mulheres do Coco, da Batateira, Mestre Zulene Galdino e Reisado Dedé de Luna que está em fase de conclusão.
O lançamento dos documentários são realizados nas próprias comunidades nas quais eles são produzidos, como forma valorizar os protagonistas das brincadeiras da cultura popular.( Fonte: Prof. Alexandre Lucas)

Projeto de alteração do PCCR dos professores de Juazeiro é retirado

Câmara
Mesmo com a solicitação de uma sessão extraordinária, pelo líder do prefeito Adauto Araújo (PSC), na tarde desta quinta-feira (25), na Câmara Municipal de Juazeiro do Norte, o projeto de alteração no Plano de Cargos, Carreira e Remuneração –PCCR dos Professores , enviado pelo Prefeito Manoel Santana, foi retirado de votação, pelo fato do presidente da Comissão de Constituição e Justiça, vereador Gledson Bezerra (PTB) se negar a assiná-lo. O presidente José de Amélia, que orientava os colegas a se absterem, terminou por retirar os outros quatro projetos também de pauta.
Santana e os professores
O encontro do prefeito Manoel Santana, na tarde de hoje, no Cerest, com uns 200 professores durou pouco mais de uma hora, tempo suficiente para o Prefeito fazer uma explanação, em 20 minutos e ouvir o questionamento de seis professores. Enquanto, a reunião acontecia, entrava na pauta, a nova proposta para o Plano de Cargos e Carreiras do Magistério Local, sem nenhuma discussão com os professores. Essa notícia recebida pela professora, que é esposa do vereador Roberto Sampaio, gerou tumulto no Cerest.
Santana, que reconheceu alguns erros na Educação, argumentou que do jeito que o PCCR foi implantado ia quebrar o orçamento específico. O reajuste de 7,86% colocado em folha no mês de abril (com efeitos financeiros retroativos a janeiro) para os professores: aconteceu baseada apenas em notícia, dada pelo MEC (Ministério da Educação e Cultura), ao final do ano de 2009. “Portanto, não foi editado nenhum ato legal autorizando este reajuste, e que ele se aplica apenas aos profissionais de nível médio.” A reunião terminou sem avanço. Um novo encontro deve acontecer, na segunda-feira, em horário a ser definido.

Juazeiro é a cidade interiorana com mais habitantes

Censo
Despontam no Cariri as cidades interioranas onde a Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística- IBGE- encontrou mais e menos habitantes, neste seu último censo, cujo resultado do município de Juazeiro do Norte será apresentado às 16 horas, de segunda-feira, 29, na Câmara Municipal, onde eventuais dúvidas serão esclarecidas.
Os números preliminares indicavam Juazeiro com 244.701 pessoas, significando que a cidade cresceu em população, comparada ao ano 2000, 15,35%, sendo a terceira mais populosa do Ceará, perdendo para Caucaia e Fortaleza. A cidade do Crato desponta em sexto lugar no Estado, com 119.949 habitantes, cujo percentual de crescimento é de 14, 62%.
O município de menor população, Granjeiro, está com 4.616 pessoas. Outros com poucos residentes, também no Cariri, são: Baixio,6.020, Altaneira, 6.821 e Antonina com 6.916.

Governo do Ceará pretende concluir este ano recadastramento do funcionalismo

O governo do Ceará através da Secretaria de Planejamento e Gestão, pretende concluir até o próximo mês de dezembro o sistema de recadastramento do funcionalismo estadual. Este  processo está em andamento há um ano e três meses.
O objetivo da iniciativa é aferir o perfil dos sevidores espalhados em setores da máquina governamental. 'Mapear o perfil dos servidores este é o objetivo. Quais as especialidades? Qual a formação dos mesmos?', sugere a Coordenadora de Gestão de Pessoas do Seplag, Aline Miranda.
A última avaliação da Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag) aponta ainda que 956 servidores ainda não passaram do crivo oficial do recadastramento. 'Esses 956 não atenderam ao nosso chamamento. E assim, os salários serão bloqueados, caso não atendam ao chamado', 

Dê a volta ao mundo sem sair do Brasil numa Feira de Artesanato

Uma verdadeira viagem ao redor do mundo pode ser feita na Feira Internacional de Artesanato, onde 80 expositores, de 20 países, expõem seus produtos. Entre artesanatos árabes, russos, marroquinos, indianos e quenianos, os visitantes também podem apreciar atrações de dez estados brasileiros.


CONCLUÍDA SEDE PRÓPRIA DO BOLSA FAMÍLIA

 prefeitura de Juazeiro, através da secretaria de infraestrutura, concluiu o trabalho de construção da sede própria do programa bolsa família, localizado na Rua Monsenhor Esmeraldo, ao lado do CSU (Centro Social Urbano). A obra custou R$ 286.844,73.

Com isso, o atendimento aos beneficiários do Bolsa Família, será feito com maior rapidez e mais conforto. “Todas as pessoas cadastradas no Bolsa Família, serão atendidas adequadamente”, disse a Coordenadora Francisca das Chagas Carvalho (Chaguinhas). 

FRENTE SUL DE PREFEITOS SE REÚNE HOJE EM JUAZEIRO

O Prefeito de Juazeiro do Norte, Dr. Santana, é o anfitrião nesta segunda-feira, do encontro da FrenteSul (Frente Municipalista do Sul do Ceará) que acontece no Verdes Vale Hotel. A FrenteSul congrega gestores do Cariri, Centro-Sul, Vale do Salgado e parte dos Inhamuns. O Secretário de Saúde do Ceará, José Arruda Bastos, é um dos convidados do evento na parte da manhã. Ele aborda questões relacionadas à sua pasta, por exemplo,  o funcionamento do Hospital Regional do Cariri, acesso aos serviços básicos de saúde, financiamento da saúde e funcionamento da Central de Regulação do SUS (Sistema Único de Saúde). 

A presidenta da APRECE (Associação dos Prefeitos e Municípios do Estado do Ceará), Eliene Brasileiro, apresentará dentro do Projeto APRECE Itinerante o balanço das ações no biênio 2009/2010 e irá falar sobre “Oportunidades e Desafios – Levantamento das Percepções Locais”, Construção da Carta de Reivindicações – Inhamuns/Crateús, articulações com os novos governos estaduais e federais e os legislativos (Assembléia, Câmara e Senado Federal), além do balanço das finanças municipais.

Na parte da tarde, acontecem oficinas com os secretários municipais, abordando temas sobre a metodologia da Nova Lei da Cota Parte do ICMS, no Ceará, com técnicos do IPECE (Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará), Gestão Ambiental, Diário Oficial dos Municípios e a necessidade de implementação da Lei Geral Municipal, com os representantes da APRECE.

O prefeito de Juazeiro sente-se honrado em receber pela segunda vez, prefeitos do sul cearense e, desta vez, em ação conjunta da FrenteSul e APRECE. “Tenho certeza que ao final teremos um encontro além de participativo, bastante produtivo”, avaliou.

Gabinete do Prefeito

sábado, 27 de novembro de 2010

PROJETO BIBLIOTECA NA COMUNIDADE É LANÇADO NO JOÃO CABRAL

A Prefeitura de Juazeiro do Norte, através da Secretaria de Cultura, lançou ontem no Centro de Convivência Social – ABC do bairro João Cabral o importante projeto “Biblioteca na Comunidade”. A comunidade recebeu festivamente o Prefeito Dr. Santana, acompanhado do vice, Dr. José Roberto Celestino, deputado federal José Guimarães, secretários e os vereadores Adauto Araújo e Domingos Borges.
Segundo o secretário Fábio Carneirinho: “esta foi a primeira de uma série de 20 bibliotecas a serem implantadas em Juazeiro. Esse projeto é importante, pois em cada uma dessas bibliotecas as crianças, adolescentes e adultos irão encontrar no mínimo 3 mil livros a disposição, incentivando a leitura e o tino das crianças para artes: cênica, visual, musical...”.

O Prefeito Dr. Santana agradeceu a receptividade da comunidade e parabenizou o idealizador do projeto Franco Barbosa. Ele disse da sua satisfação com o trabalho que vem sendo desenvolvido por Fábio Carneirinho à frente da Cultura. “Estamos, aqui, com nosso vice, Zé Roberto, deputado Guimarães e todos os secretários compartilhando desse momento rico de cultura, com a população do João Cabral, na entrega de uma biblioteca tradicional; a primeira de um grande projeto de 20 que irão para outros bairros; e, o telecentro onde a comunidade terá acesso gratuitamente à internet”, destacou.

O deputado José Guimarães parabenizou a comunidade, por receber estes equipamentos. “Isso é fruto da dedicação e do trabalho da SECULT, do Carneirinho, do Franco Barbosa e o apoio do amigo Elmano Rodrigues que é responsável também pelo envio de 12 toneladas de livros para o Juazeiro”, enfatizou. E, ainda disse: “esse projeto do Santana é fabuloso e mostra seu compromisso com o setor”.

Adelmo Caxate, irmão do homenageado com o nome do Telecentro Antonio Caxate, falou: “Agradeço ao Dr. Santana e ao Aurílio Jorge que é diretor aqui do Centro de Convivência Social, pela lembrança de homenagear meu irmão. Tenho certeza que ele está em um bom lugar e agradecido pelo reconhecimento ao seu trabalho, como líder comunitário e radialista. E quero lhe parabenizar por implantar essas bibliotecas junto às comunidades que começam a ter finalmente um projeto cultural de incentivo a leitura”, agradeceu, visivelmente emocionado, ao lado da viúva Edineusa Mendonça.
Dr. Santana e o deputado Guimarães fizeram entrega simbólica de mil livros ao Secretário de Cultura de Barbalha, Dorivan Ramalho. Ele agradeceu em nome do Prefeito José Leite e disse que “Juazeiro dá provas de parceria e companheirismo ao dividir com Barbalha, e, ainda, Mauriti e Tarrafas os livros viabilizados para estas bibliotecas comunitárias”. 

Dilma escolherá agora a "turma da cozinha"

Brasília - Definida a equipe econômica, a presidente eleita Dilma Rousseff dedica-se a fechar o desenho dos ministros que irão ocupar o Palácio do Planalto e aqueles que vão representar os partidos políticos. Ela já escolheu para acompanhá-la no diaadia, o deputado Antonio Palocci, o atual ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, e Gilberto Carvalho, o chefe de Gabinete de Lula. No desenho original, Palocci assumirá a Secretaria Geral. Paulo Bernardo, a Casa Civil. Gilberto Carvalho, o terceiro na trinca fará a ponte com os movimentos sociais.
Palocci já havia dito que não queria um cargo de muita exposição e nem tampouco ficar fora da chamada reunião das 9h, ou seja, o grupo que faz parte da coordenação de governo. A Casa Civil, posto que já foi ocupado por José Dirceu com quem Palocci passou a maior parte do tempo disputando espaço político no primeiro mandato de Lula seria considerado um cargo muito exposto ainda que desidratado pela saída do Programa de Aceleracao do Crescimento (PAC). A secretaria geral, hoje ocupada por Luiz Dulci, cairia como uma luva. 

Falta Dilma decidir quem irá coordenar a parte política e o diaadia com o Congresso dentro do Planalto. No desenho elaborado pela presidente eleita, segundo assessores, a Secretaria Geral vai ganhar atribuições de negociação política, que hoje estão dentro da Secretaria de Relações Institucionais. Essa função também pode terminar nas mãos do atual ministro de Relações Institucionais, Alexandre Padilha, embora ele esteja cotado também para a pasta da Saúde, posto que o PMDB já trata nos bastidores como algo for a do seu portfólio. (leia detalhes nesta página). 

Reforço 



A Secretaria Geral foi desidratada pelo governo Lula, Dilma quer transformá-la no mesmo perfil que teve no governo Fernando Henrique Cardoso (19945-2002). Palocci foi convidado na semana passada para ocupar a Casa Civil, mas pediu tempo para analisar por entender que a Casa Civil será um órgão de assessoramento da Presidência.

Numa Secretaria Geral reforçada Palocci serviria como um contrapeso ao vice-presidente Michel Temer (PMDB), que por sua experiência de três mandatos como presidente da Câmara será um articulador natural do próximo governo. O ministro Paulo Bernardo, desalojado para dar lugar à Miriam Belchior, foi convidado ontem a permanecer no governo. Após quase duas horas de reunião com Dilma, na Granja do Torto, Bernardo limitou-se a dizer que terá função ainda a ser definida no futuro governo. "Ela me fez um convite genérico. Ela tem mais de uma opção para mim e não quis discutir sobre isso agora", afirmou o ministro.
Dilma também se reuniu com o presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Luciano Coutinho, e o convidou a continuar à frente da instituição de fomento.



Extraído de: ABC Politiko - Linha Direta com o Poder
Fonte: Correio Braziliense

Senado aprova realização de concurso para 180 vagas

A Mesa Diretora do Senado Federal aprovou nesta quinta-feira a realização de concurso público para 180 vagas efetivas para nível médio e superior. A expectativa é de que a seleção seja realizada no segundo semestre de 2011.
Segundo o primeiro secretário da Mesa, Heráclito Fortes (DEM-PI), a definição das áreas contempladas e a contratação da instituição organizadora ainda serão objeto de deliberação. "O concurso não será realizado necessariamente no próximo ano. Caberá à próxima gestão da Casa definir a data e as áreas."
O diretor-geral do Senado, Haroldo Tajra, afirmou que a realização do concurso já estava prevista no Orçamento do próximo ano e, portanto, não impactará as contas da instituição. De acordo com ele, o objetivo é reduzir a carência de pessoal do Senado e reduzir o número de funcionários terceirizados.
"Todas as áreas têm necessidade de vagas, desde o serviço médico até a área legislativa e administrativa. Quando definirmos as vagas, poderemos afirmar se eventualmente será reduzido o número de terceirizados."
Segundo Tajra, o Senado conta atualmente com cerca 3.200 trabalhadores em cargos efetivos e cerca de 2.800 em cargos comissionados, além de cerca de 3.000 terceirizados. 
GABINETES 
A Mesa Diretora também voltou a discutir a distribuição de gabinetes para os novos senadores. Segundo Fortes, algumas áreas, como o Anexo 1 e a ala Teotônio Vilela, são as mais requisitadas pelos senadores eleitos.
"Estamos fazendo algumas acomodações. Há uma resolucao de 2006 que estabelece os critérios de preferências. Estamos tentando cumpri-lo na medida do possível."
A análise da distribuição dos gabinetes deve ser concluída na próxima reunião da Mesa, prevista para o dia 9 de dezembro.
SALÁRIO 
Questionado sobre um possível reajuste nos salários dos senadores, o primeiro secretário voltou a lembrar que o assunto precisa passar primeiro por um acordo entre as presidências da Câmara e do Senado

"Censurar internet é estupidez", diz Lula

AGÊNCIA BRASIL
"A raiva deles é que não os leio", afirmou Lula sobre a mídia
O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) afirmou ontem, em entrevista a blogueiros, considerar uma "estupidez" qualquer projeto que possa censurar a internet e destacou ser "resultado da liberdade de imprensa". "Nesse período do governo, toda vez que falamos com alguém demos total liberdade para que as pessoas perguntassem o que quisessem", disse o presidente. Durante a entrevista, ele fez um balanço de seus oito anos de governo. O evento ocorreu no Palácio do Planalto, em Brasília. 
Os nomes dos blogueiros foram escolhidos pela organização do 1º Encontro Nacional de Blogueiros Progressistas, realizado em São Paulo entre os dias 20 e 22 de agosto. Entre os entrevistadores estavam os blogueiros Altamiro Borges (Blog do Miro), Altino Machado (Blog do Altino), Conceição Lemes (Vi o Mundo), William Barros (Cloaca News), Eduardo Guimarães (Cidadania), Leandro Fortes (Brasília, Eu Vi), Pierre Lucena (Acerto de Contas), Renato Rovai (Blog do Rovai), Rodrigo Vianna (Escrevinhador) e Túlio Vianna (Blog do Túlio Vianna).

"Não leio" - O presidente Lula disse ontem que parou de ler revistas e jornais. "A raiva deles é que não os leio, e é por isso que não fico nervoso. Trabalho com informação, mas não preciso ler muitas coisas que eles escrevem", argumentando que não quer saber a "quantidade de leviandades" que foram ditas a seu respeito. "Ninguém pode se queixar, muito menos a mídia, todos ganharam muito dinheiro, alguns estavam praticamente quebrados."

Na entrevista, o presidente disse que não se pode abrir mão do controle sobre a participação estrangeira no setor de comunicação. "Eu acho que temos de ter certo controle sim", reiterou. Ao falar sobre o tema, destacou que setores do que chamou de mídia antiga torceram, durante muito tempo, para sua derrota: "Sou resultado da liberdade de imprensa no Brasil. O que eles se enganam é que o povo não é mais massa de manobra, o povo está mais inteligente e vamos trabalhar cada vez mais para democratizar a mídia eletrônica."

Supremo - O presidente foi questionado sobre as indicações para o Supremo Tribunal Federal (STF) e se os indicados não teriam de ter uma posição mais à esquerda, como poderia se esperar de um dirigente que foi eleito pelo Partido dos Trabalhadores. "Graças a Deus o Supremo não é a minha cara", rebateu Lula.

DAS AGÊNCIAS