quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

Apeoc e Governo discutirão reivindicações dos professores


O Sindicato Apeoc formalizou esta semana pedido de audiência à Secretaria da Educação do Estado (Seduc), para tratar de pauta emergencial de reivindicações dos trabalhadores em educação.

Dentre os itens da pauta destaque para a situação dos professores contratados temporariamente. Além disso, o Sindicato reivindica a prorrogação dos contratos e pagamento do período de reposição das aulas da greve.


Confira os itens da pauta emergencial de negociação:

- Pagamento dos professores temporários, com prorrogação do contrato, no período de reposição das aulas da greve de 2011;

- Concurso público para professores efetivos para lotação nas carências definitivas, e seleção pública para professores contratados por tempo determinado para suprir as carências temporárias;

- Valorização do salário no início de carreira dos professores graduados;

- Correção do teto e do valor do benefício alimentação e sua extensão aos professores contratados por tempo determinado;

- Regulamentação da elevação da carga horária de 30 para 40 horas dos servidores da educação;

- Gratificação de deslocamento para os professores lotados em escolas de difícil acesso na Capital e no Interior;

- Implementação do 1/3 da jornada extraclasse em 2012;

- Permanência da gratificação de deslocamento dos professores aposentados;

- Garantia de negociação permanente com a Comissão de Negociação e Valorização do Magistério constituída pelo Sindicato Apeoc e a Seduc;

- Unificação das tabelas Ensino Médio e dos Graduados sem prejuízos dos professores efetivos, aposentados e pensionistas;

- Progressão horizontal para 100% dos aptos retroativo a setembro de 2011;

- Descompressão na Carreira e valorização dos especialistas;

- Publicação Estabilidade professores.


Fonte: Sindicato Apeoc

Nenhum comentário:

Postar um comentário