quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

Ceará dobrará quantidade de núcleos do Programa Segundo Tempo


O Ceará vai dobrar a quantidade de núcleos do Programa Segundo Tempo. O total de unidades vai passar de 233 para 466 e contemplará todos os 184 municípios. Devido o êxito da Secretaria do Esporte do Ceará (Sesporte) na execução do último convênio 2010/2011, o Ministério do Esporte garantiu a primeira renovação do projeto no Brasil para o Estado.



A expansão dos núcleos em 100% vai agora alcançar também os distritos das cidades cearenses. Ao todo, 959 profissionais de educação física atuarão espalhados pelas unidades. As inscrições para professores (graduados em Educação Física) e monitores (estudantes do curso de Educação Física) serão feitas no site da Sesporte e começarão ainda no mês de janeiro. Será feito o processo de seleção e capacitação dos profissionais em quatro meses, além das inscrições de aluno e
divulgação do programa.

A renovação do convênio para execução do Programa Segundo Tempo no Ceará foi publicada no Diário Oficial da União no último dia 29 de dezembro, garantindo assim, que cada novo núcleo receba 100 alunos. As atividades serão desenvolvidas no período de 21 meses.

Programa Segundo Tempo

O Segundo Tempo é um programa do Ministério do Esporte destinado a democratizar o acesso à prática e à cultura do Esporte. Isso de forma que promova o desenvolvimento integral de crianças, adolescentes e jovens. O projeto é desempenhado como fator de formação da cidadania e
melhoria da qualidade de vida, prioritariamente em áreas de vulnerabilidade social.

O Núcleo é caracterizado pela composição de um grupo de 100 crianças, adolescentes e jovens, que sob orientação de profissionais (um professor e um monitor, remunerados pela Secretaria do Esporte) desenvolvem atividades esportivas e complementares. São ofertadas três modalidade a cada aluno. Esse beneficiado deve ter faixa etária entre 7 e 17 anos de ambos os gêneros. É obrigatório ser estudante do ensino público, proveniente de famílias de baixa renda e que se encontra em situação de risco e vulnerabilidade social.

Serão oferecidas duas modalidades coletivas e 1 individual em cada núcleo, desenvolvidas 3 vezes na semana. Futebol, voleibol, handebol, basquete e futsal estão entre as modalidades coletivas. Enquanto as individuais são atletismo, surf e xadrez.

Fonte: Sesporte

Nenhum comentário:

Postar um comentário