quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Força-tarefa deve mapear áreas de risco de 400 municípios


Mais de 400 municípios terão suas áreas de risco mapeadas pela força-tarefa de geólogos e hidrólogos até dezembro de 2012, informou nesta quarta-feira (25) o secretário de Políticas e Programas de Pesquisa e Desenvolvimento do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, Carlos Nobre. Segundo ele, com apoio das universidades e da Petrobras, a força-tarefa vai acelerar os trabalhos e a expectativa é que o número de municípios mapeados alcance 800 em 2014. 


“Essas áreas serão incorporadas ao sistema de proteção e alertas”, explicou Nobre, acrescentando que 50 geólogos estão em campo para fazer o mapeamento das áreas de risco.

O governo, disse o secretário, ampliou os critérios para o mapeamento. Além dos municípios com histórico de desastres naturais, as cidades que apresentem “sensíveis riscos e aglomerados” também receberão a visita da força-tarefa.

Em reunião na Casa Civil, também ficou decidido que os centros de monitoramento e controle serão mantidos em funcionamento no Rio de Janeiro, Minas Gerais e Espírito Santo. Novos centros devem ser instalados esta semana em São Paulo e Santa Catarina.

Fonte: Blog do Planalto

Nenhum comentário:

Postar um comentário