segunda-feira, 5 de março de 2012

Cordelteca do Centenário com 100 títulos terão novas xilogravuras



A história de Juazeiro do Norte e do Padre Cícero contada em livros já foi resgatada com o apoio do BNB que, em parceria com a Comissão Organizadora do Centenário de Juazeiro do Norte, patrocinou a impressão de 20 obras entre reedições e inéditos e já autorizou outros 20 livros. Agora, essa mesma história vai ser recontada em versos com a reimpressão de 100 cordéis de 67 autores, sendo 27 clássicos e os demais contemporâneos.

Os trabalhos ganharão novas capas e pelo menos 90 xilogravuras já estão prontas pelas mãos de 10 xilógrafos contratados pelo IMEPH (Instituto Meta da Educação) de Fortaleza, vencedor da concorrência. Segundo o Coordenador Executivo da Comissão e Secretário de Turismo e Romarias, José Carlos dos Santos, para cada um foi dado um título e o conteúdo para que criasse a xilo ao seu critério seguindo a linha do cordel. “São dez pensamentos diferentes sobre Juazeiro e Padre Cícero e cada artista imagina as situações ao seu estilo”, disse o poeta e xilógrafo José Lourenço.



Ele foi um dos contratados juntamente com Stênio Diniz, Antonio Dias, Cosmo Lemos, Cícero Vieira, Airton Laurino, Lírio, Cícero Lourenço, Francorli e Manoel Inácio. O prefeito Dr. Santana esteve olhando as peças já prontas e elogiou a criatividades dos artistas juazeirenses. Quanto aos cordéis, Zé Carlos adiantou que serão 50 reeditados e outros 50 inéditos comprazo ainda indefinido para o lançamento da coleção.

A princípio estava marcado para a Semana do Padre Cícero agora em março, mas houve atraso na confecção das xilos e na questão dos direitos autorais, cuja maioria pertence a Academia Brasileira do Cordel. Na opinião do prefeito Santana a Coleção Centenário dos Cordéis é um resgate importante que vai permitir um passeio pela história de Juazeiro do Norte, do Padre Cícero e das romarias. Além disso, conforme diz é um incentivo à produção poética e homenagem aos que se ocuparam em escrever sobre tais temas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário