segunda-feira, 5 de março de 2012

Escolas e bibliotecas recebem novos livros infantis para deficientes visuais



A Fundação Dorina Nowill para Cegos, em parceria com a Associação de Escritores e Ilustradores de Literatura Infantil e Juvenil, começa a distribuir dez novos títulos de livros infantis em braille e letras em alto revelo para 5 mil bibliotecas, escolas e organizações em todo o país.



Os autores e ilustradores tiveram a orientação dos profissionais especializados da fundação para criar histórias e desenhos que pudessem ser reproduzidos com letras ampliadas em braille e imagens divertidas em relevo, para permitir que crianças cegas e com baixa visão lessem livros.

De acordo com a gerente-geral de Operações da Fundação Dorina Nowill, Susi Maluf, o projeto é acessível para todos. “Mais que promover o acesso à informação, o importante também é produzir livros que sejam totalmente inclusivos. Os livros precisam atender tanto à pessoa que não enxerga quanto à que enxerga”.

*Com Agência Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário