sexta-feira, 9 de março de 2012

Municípios cearenses reduzem taxa de analfabetismo


A taxa de analfabetismo da capital cearense, Fortaleza, reduziu quase pela metade em número de analfabetos com 15 anos ou mais. Em 2000 Fortaleza apresentava 11,2% da população analfabeta na faixa etária de 15 anos ou mais. Já em 2010, esse número caiu para 6,9%.

Similarmente, os municípios de Sobral e Horizonte entram na tabela dos 10 municípios com menor índice de analfabetismo nesta faixa etária. Limoeiro do Norte e Itaitinga, que em 2000 figuravam na tabela, cairam.
Municípios cearenses reduzem taxa de analfabetismo

Vale a pena lembrar que a melhora da educação no Estado é latente nos municípios com maior índice de analfabetismo na população de 15 anos ou mais. Em 2000 os dez municípios com piores resultados variavam entre 46,3 a 51,8% da população. Em 2010, essa variação ficava entre 35 e 39%, uma redução significativa. Entre os municípios que apresentavam os piores resultados na educação em 2000, 50% saíram da lista.

Confira a tabela com os Municípios com as dez menores taxas de analfabetismo (15 anos ou mais de idade) – Entre 2000/2010



Municípios2000Municípios2010Fortaleza 11,2 Fortaleza 6,9
Maracanaú 15,0 Pacatuba 9,4
Pacatuba 17,5 Maracanaú 9,7
Caucaia 19,0 Caucaia 12,9
Crato 22,9 Eusébio 13,5
Maranguape 23,8 Crato 15,0
Eusébio 23,8 Maranguape 15,4
Juazeiro do Norte 25,0 Horizonte 15,7
Itaitinga 25,1 Juazeiro do Norte 16,2
Limoeiro do Norte 25,7 Sobral 17,0




*Com informações de G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário