sexta-feira, 3 de agosto de 2012

Candidatos à prefeitura de Fortaleza confrontam ideias em debate de TV

Oito candidatos à prefeitura de Fortaleza participaram nesta quinta-feira (2) de debate realizado pela TV Jangadeiro. No encontro, os candidatos apresentaram temas principalmente voltados para educação, saúde e segurança. O debate foi dividido em cinco blocos. No segundo bloco, participaram os candidatos a vice-prefeito, que se apresentaram aos telespectadores e defenderam as propostas dos candidatos que compõem a chapa de cada um.
saiba mais
Candidatos à prefeitura de Fortaleza dizem em debate priorizar a saúde

Participaram do debate os oito candidatos cujo partido tem representação na Câmara dos Deputados: Elmano de Freitas (PT), Heitor Ferrer (PDT), Inácio Arruda (PC do B), Marcos Cals (PSDB), Moroni Torgan (DEM), Renato Roseno (PSOL), Roberto Cláudio (PSB) e Valdeci Cunha (PRTB). André Cunha (PPL) e Francisco Gonzaga (PSTU) não participaram.
Candidatos 1 (Foto: André Teixeira/G1)Da esquerda para direita: Inácio Arruda, Marcos Cals, Roberto Cláudio e Renato Roseno (Foto: André Teixeira/G1)


Inácio Arruda afirmou que iria integrar o serviço de transporte público para que passageiros de ônibus e vans possam se locomover por distâncias maiores pagando apenas uma passagem. O candidato do PC do B destacou ainda que, como senador da república, conseguiu recursos para a cidade que foram usados em projetos que melhoraram a infraestrutura da cidade e serviços voltados ao atendimento do turista.

Marcos Cals, do PSDB, prometeu evitar indicações políticas para coordenadores e diretores de escolas da rede pública municipal. Ainda sobre educação, o candidato afirma que pretende, caso eleito, construir quadra esportiva em todas as escolas de Fortaleza e laboratórios de informáticas, para que os alunos possam se capacitar e, segundo o candidato, tenham mais chances de chegar ao mercado de trabalho.

Roberto Cláudio disse que, caso eleito, iria acelerar as obras de mobilidade urbana voltadas para a Copa do Mundo de 2014, que tem Fortaleza como uma das cidade-sede. O candidato disse ainda que iria melhorar o serviço nas creches e nos postos de saúde de Fortaleza e iria ampliar serviços de educação e saúde. Roberto Cláudio disse ainda que ações do governo reduziram impostos no transporte público, o que barateou as passagens.

Renato Roseno afirmou que, caso eleito, fará uma gestão transparente e com participação dos fortalezenses. Entre as propostas, o candidato do PSOL dar espaço adequado a trabalhadores do Centro da cidade, evitando camelôs nas calçadas do bairro. Roseno disse ainda que teria uma boa relação com sociedades sindicais e valorização dos servidores. As ações, segundo o candidato, evitaria greves de trabalhadores.
Candidatos 2 (Foto: André Teixeira/G1)Da esquerda para direita: Moroni Torgan, Valdeci Cunha, Elmano de Freitas e Heitor Férrer (Foto: André Teixeira/G1)


Moroni Torgan afirmou que daria prioridade a políticas que possam combater a criminalidade em Fortaleza. Segundo Moroni, ações de saúde pública podem evitar que jovens consumam drogas e reduza o número de mortes em Fortaleza. O candidato afirmou ainda que entre suas propostas está a criação de um centro de tratamento de viciados em drogas. No local, diz o candidato, as pessoas poderão se ressocializar.

Valdeci Cunha, do PRTB, afirmou que sua principal proposta é o desenvolvimento de um plano sustentável para o crescimento de Fortaleza. Valdeci disse ainda que iria trabalhar, se for eleito, para ampliar projetos de criação de emprego, especialmente para jovens. Valdeci Cunha disse também que propõe os serviços de educação e saúde na cidade, o que daria, segundo o candidato, melhor qualidade de vida aos fortalezenses.

Elmano de Freitas defendeu a gestão da atual prefeita de Fortaleza, Luizianne Lins (PT), que apoia o candidato. Ele apresentou a proposta de estender para o sábado o programa de redução de tarifa de ônibus. Elmano afirmou ainda que propõe dar passagem gratuita nos ônibus para pessoas desempregadas. A gratuidade, segundo o candidato, vai facilitar que a pessoa se locomova em busca de emprego.

Heitor Férrer afirmou que, caso eleito, vai melhorar o sistema de saúde pública de Fortaleza, reforçando o serviço nos postos de saúde de Fortaleza e construindo o "IJF 2", um hospital no modelo do Instituto Doutor José Frota, o maior hospital de urgência e emergência da Região Metropolitana de Fortaleza. Heitor diz ainda que irá combater o consumo de drogas entre jovens para reduzir índices de criminalidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário