quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Produção industrial do Ceará registra nova queda



A produção do Ceará registrou queda na produção industrial no comparativo setembro/outubro. Foi registrada uma taxa negativa de 1,5%. No acumulado do ano, a queda chega a 12,6%, segundo dados divulgados nesta terça-feira (7) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).
No comparado setembro/outubro, o Ceará fica acima da média nacional, que foi de 0,6%. E também ficou acima dos dois outros estados do Nordeste que participaram da pesquisa do IBGE: Pernambuco (-1%) e Bahia (+3%).
Já a série com ajuste sazonal, o índice de média móvel trimestral do Ceará registrou ganho. Neste período que corresponde ao comparativo do 3º trimestre com o mês de outubro o Estado registrou alta de 0,7%. Já para o total nacional neste mesmo intervalo, o Brasil recuou 0,9% acelerando o ritmo de queda frente aos resultados de agosto (-0,4%) e de setembro (-0,6%).

No índice acumulado em 2011, a atividade industrial do Ceará registra queda de 12,6%. Em em nível nacional a atividade expandiu-se em 0,7% e em nove dos 14 locais pesquisados, com destaque para Espírito Santo (7,0%), impulsionado pelo crescimento de dois dígitos verificado no setor extrativo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário