quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Unasul quer criar rede para integrar TVs públicas


A União de Nações Sul-Americanas (Unasul) estuda a criação de uma rede de televisões públicas que compartilhe programas, disse nesta quarta-feira (7) sua secretária-geral, María Emma Mejía, após uma reunião de representantes de educação, cultura e ciência dos países da organização.
A ex-chanceler colombiana explicou em entrevista coletiva que os canais participantes dessa rede poderiam produzir "material relativo à Unasul" e trocar conteúdo.

Uma fonte da instituição detalhou que a ideia é promover "uma ligação entre as emissoras públicas regionais" e abastecer os diversos meios estatais com "conteúdo cultural".

No encontro dos representantes dos Ministérios de Cultura dos países da América do Sul, o secretário de Planejamento e Desenvolvimento do Equador, Fander Falconí, aproveitou para dizer que uma das prioridades dos países da Unasul tem de ser aumentar o investimento em ciência e tecnologia, já que os países do continente só dedicam a esse tema 0,6% de seu Produto Interno Bruto (PIB), em média, enquanto há países desenvolvidos que gastam 3,5%.

Mejía, por sua vez, disse que "a diminuição da desigualdade" virá quando a região tiver uma educação, pública e privada, de qualidade, além da ampliar o acesso a ciência e tecnologia.

Fonte: EFE

Nenhum comentário:

Postar um comentário