quinta-feira, 19 de abril de 2012

Jovens cearenses apresentam exposição sobre o Meio Rural


A Exposição Itinerante “Um Novo Olhar da Juventude sobre o Meio Rural” chegou à sua terceira edição. Agora foi a vez do Cuca Che Guevara (Centro Urbano de Cultura, Arte, Ciência e Esporte), de Fortaleza (CE) recebê-la e, mais uma vez, misturar as caras e cores do urbano e do rural, numa rica experiência de diálogo, contando com a presença dos jovens retratistas e de estudantes de cursos do Cuca.



Juventude rural é estimulada a ver o seu meio como espaço de possibilidades para crescimento e felicidade.Os autores das fotografias expostas são jovens participantes do Projeto Terra Viva: Um Novo Olhar sobre a Juventude Rural, realizado pelo Centro de Estudos do Trabalho e de Assessoria ao Trabalhador (Cetra) desde 2011.

O Projeto trabalha para que a juventude rural dialogue com seu meio, enxergando-o como um espaço de possibilidades para crescimento e felicidade e insere novos elementos, como a agroecologia e a comunicação. São jovens escrevendo sua própria história e contando-a para a sociedade.

Valorização do local

E nesse contar de histórias, Fabiana Menezes, do assentamento Várzea do Mundaú, em Trairi (CE), está aprendendo muito. Ela diz que é uma honra está lançando a exposição pela terceira vez, pois esta funciona quase como uma mídia para eles. “Além disso, a gente está valorizando cada vez mais o nosso local, e a gente aprende isso com as fotos, conhece mais e fica com mais vontade de contribuir para o nosso lugar”, explica ela.

Marden Moura, outro jovem participante do projeto, conta que esse contato com o meio urbano, através também da visita ao CUCA, o fez ver que as realidades rural e da cidade não são tão diferente. “A gente vê nos jovens daqui a mesma inquietação e vontade de ir atrás de transformar o mau olhado que a sociedade tem sobre eles”, observa ele.

Cristina Nascimento, da coordenação colegiada do Cetra, explica que trabalhar com a juventude rural é uma das linhas estratégicas da ação da entidade e que o projeto criou com estes jovens uma relação muito bem-sucedida. Além disso, destaca que essa exposição ainda vai para as comunidades rurais dos autores, levando esse novo olhar também para as pessoas que convivem com eles no dia a dia.

Com informações do Cuca Che Guevara



Nenhum comentário:

Postar um comentário