quinta-feira, 19 de maio de 2011

açudes cheios Água está garantida até 2012

Fortaleza é um dos municípios que está com o seu fornecimento de água garantido até o ano que vemClique para Ampliar
As fortes chuvas que atingiram todo o Estado, este ano, garantiram aos 150 municípios atendidos pela Companhia de Água e Esgoto do Estado do Ceará (Cagece), um período tranquilo com relação ao abastecimento de água até 2012. Um total de 63 Açudes já atingiram a capacidade máxima. Até ontem, 57 continuavam sangrando e 16 encontravam-se acima de 90% de sua capacidade de armazenamento.



"Com toda essa segurança no sistema de abastecimento conseguimos fazer com que os rios cearenses sejam permanentes e com isso também garantimos o estoque de água para a população", afirmou Carlos Augusto Moreira, gerente de apoio operacional da Cagece.

Ele explicou que com as chuvas acima do previsto neste ano, a Companhia conseguiu a máxima segurança nos sistemas de abastecimento do Ceará. Atualmente, a empresa cobre 96,98% da população com acesso a água tratada no Interior. A partir desse fenômeno, 71 municípios estão tranquilos em relação ao abastecimento até o fim do ano. Em algumas cidades, a elevada sangria dos mananciais garante o serviço até o começo de 2012.

O gerente de apoio operacional acrescentou que Fortaleza e Região Metropolitana estão bastante tranquilos em relação ao abastecimento até o próximo ano. "A Capital e RMF são abastecidos por cinco açudes e também tem o auxilio do Castanhão, se for preciso. Por isso as cidades dessa região estão com o fornecimento de água mais do que garantido".

Mas, Moreira comentou que apesar dos bons números e da grande quadra chuvosa, nem todos os municípios cearenses estão com o seu abastecimento garantido. Isso acontece porque em algumas localidades os mananciais, ainda não atingiram um nível em que se possa considerar suficiente nos seus sistemas de abastecimento.

Segundo Moreira, a principal razão para que grande parte do Estado possa ter o seu abastecimento de água assegurado até 2012 é o trabalho que vem sendo feito na construção e manutenção dos açudes, isso faz com que os rios não sequem e assim levem água para os cearenses.

"Devido ao tipo de solo do Ceará o armazenamento de água é mais complicado, isso nos fazia sofrer bastante. Agora conseguimos administrar bem esse problema", disse o gerente.

Para os técnicos da Cagece, como o período chuvoso ainda não terminou, há a expectativa para que mais açudes sangrem.

Capacidade total
A bacia que fornece água para Fortaleza e RMF está com 88,8% da sua capacidade total, segundo dados da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh). Dos cinco açudes, apenas o manancial de Pacajus está com a sua capacidade máxima de armazenamento.

Mas a situação não é alarmante, pois o açude Gavião, em Pacatuba está com 93,6% da sua capacidade. Já a bacia de Aracoiaba está com 90,2%. Os açudes Riachão, em Itaitinga, e Pacoti, em Horizonte, estão com 80,4% e 80,2% de sua capacidade total, respectivamente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário