terça-feira, 24 de maio de 2011

Professora comove o Brasil com quadro vivo do drama da educação


O vídeo com mais de 1 milhão de visualizações no Youtube com o protesto da professora Amanda Gurgel, do Rio Grande do Norte, comove o Brasil não por falar da situação da educação no RN, mas por pintar um quadro vivo do drama vivido pelos professores em todo país. Pelo eco que o protesto encontrou, a educação está longe de ser uma prioridade para qualquer governo tupiniquim. O protesto de Amanda se insere em uma onda de greves que acontece no estado potiguar.



Em matéria publicada no jornal Tribuna do Norte, de Natal, Amanda Gurgel se diz surpresa pela repercussão que seu depoimento teve na internet. Filiada ao PSTU, a professora viu a rápida difusão do vídeo com ressalvas. Na entrevista que concedeu ao jornal, ela fez reiterados pedidos para que o “discurso político” e “a situação dos professores” tivessem mais peso na publicação do que a sua própria imagem.

“Queria focar no discurso político, porque eu não tenho o menor interesse de focar na minha imagem. Não participo dessas redes sociais. Tenho uma conta no Orkut, mas nem foto tem lá. Fico surpresa com toda essa repercussão porque o meu discurso não trazia nada de novo. Qualquer professor conhece aquelas situações descritas”, disse Amanda.

“O mais importante na minha fala, que foi transformada em vídeo, e nessa repercussão toda que está tendo, é que isso reflete uma situação existente há muito tempo na nossa categoria. Quem é professor há 20 ou 30 anos conhece o processo de degeneração pelo qual as escolas vêm passando. Isso é o principal e não a minha imagem ou até mesmo as minhas palavras, mas a situação”.

Fonte: da redação, com informações do RS Urgente.

Leia Mais:
-Trabalhadores em Educação deliberam por manutenção da greve
-Médicos do estado devem entrar em greve no dia 1º de junho
-Motoristas de ônibus e cobradores fazem greve em Natal

Nenhum comentário:

Postar um comentário