quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Alencar quer ir à posse de Dilma "de qualquer jeito", diz Lula

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva visitou o vice José Alencar nesta quinta-feira e disse que o maior desejo do vice-presidente é comparecer à posse da presidente eleita Dilma Rousseff no dia 1º de janeiro. José Alencar está hospitalizado para tratar uma hemorragia no abdome.

"Ele só tem um desejo: é poder sair do hospital no dia 1º (de janeiro) para as 4 horas da tarde estar na posse da companheira Dilma lá em Brasília. E ele diz que vai de qualquer jeito, nem que seja de cadeira de rodas", afirmou o presidente.

O comentário foi feito por Lula durante comemoração de Natal junto a catadores e moradores de rua em São Paulo, para onde seguiu após visitar José Alencar por cerca de 40 minutos no Hospital Sírio-Libanês.

O presidente pediu que todos fizessem uma oração por José Alencar. "Como aqui ninguém é médico e não faz milagre, queria que todos rezassem o Pai Nosso."

O vice-presidente melhorou do sangramento no abdome, está acordado, mas permanece na UTI, segundo boletim médico do hospital desta quinta. Na quarta à noite, os médicos afirmaram que o estado de saúde de José Alencar era "crítico".

"O paciente apresentou melhora do quadro com redução importante do sangramento", informa o boletim.

José Alencar foi submetido a uma cirurgia de urgência na quarta-feira à noite para tentar tratar "uma hemorragia digestiva grave atribuída a tumor sangrante no intestino delgado".

No entanto, "devido a intensas aderências entre as alças intestinais e a parede abdominal não foi possível abordar o tumor", segundo o boletim.

A cirurgia, a 17ª a que ele se submeteu nos últimos anos, durou três horas. José Alencar, de 79 anos, voltou a ser internado na quarta, cinco dias depois de ter recebido alta. Ele havia ficado hospitalizado por 24 dias com um quadro de obstrução intestinal.

José Alencar passou por uma cirurgia em 27 de novembro, quando foi retirado um segmento do intestino obstruído por tumores. Durante este período internado, ele realizou sessões de hemodiálise. José Alencar luta contra um câncer na região abdominal há mais de dez anos.

Incentivo

Lula mandou um recado ''ao companheiro Kassab'' (prefeito da capital, Gilberto Kassab/DEM) para tratar bem a população de rua e os catadores de papel. "Não estamos pedindo favor", disse, anunciando que na semana que vem assina uma Medida Provisória dando incentivo ao empregador que comprar material reciclado dos catadores de papel.

Em rápido discurso, disse que a presidente eleita vai tratar todos como mãe e com respeito. "A Dilma tem compromisso com vocês". E disse a ela que muitas pessoas vieram de longe para o evento e irão passar o Natal na estrada. "Quero agradecer do fundo do coração o carinho que vocês tiveram comigo" e falou do programa Brasil Sorridente que cuida da saúde bucal das pessoas carentes.

No final do discurso, Lula disse: "Estou apenas deixando a presidência da República, mas se vocês me convidarem estarei aqui no Natal do ano que vem". E reiterou que o compromisso dele com essa comunidade não ficará restrito ao seu exercício na Presidência da República. "Vocês entraram no Palácio do Planalto como entra um empresário, um presidente".

"Só vamos construir um País justo quando olharmos uns para os outros como irmãos de caminhada, de luta, para construirmos um País melhor", acrescentou. Lula disse que ele é quem tinha que se curvar à população de rua e de catadores e fez um gesto de reverência no final, emocionando alguns dos participantes.

Da redação, com agências

Nenhum comentário:

Postar um comentário