segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

"Foi gostoso governar o país", diz Lula no seu programa de rádio

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva declarou nesta segunda-feira (27), em seu último programa semanal de rádio que foi um grande prazer governar o país. "Rompi um tabu porque todo mundo dizia que era difícil e complicado governar o Brasil. Mas, concluí que não foi nada complicado, achei gostoso e consegui provar que era possível fazer tudo acontecer e permitir a participação do povo" completou.

O governante garantiu que vai continuar trabalhando até o último dia de seu Governo, porque esse foi seu "compromisso com o povo", antes de passar o poder à presidente eleita, Dilma Rousseff, no dia 1º de janeiro.

O presidente aproveitou a entrevista para deixar uma mensagem de Ano Novo ao povo brasileiro, em que pediu apoio para a presidente eleita, “porque o Brasil vai precisar de muita energia positiva”. O Brasil está vivendo uma fase importante de crescimento, afirmou Lula, que pode fazer do País a quinta economia mundial. Lula agradeceu novamente o carinho dos brasileiros nos últimos oito anos e orientou sua sucessora que continue com o programa de rádio "Café com o Presidente", que ele participou regularmente toda manhã de segunda-feira na emissora pública.

Veja, abaixo, a íntegra do programa, em vídeo e a transcrição:

Clique aqui para ver o vídeo
Luciano Seixas: Olá você, em todo o Brasil. Eu sou Luciano Seixas e começa agora o “Café com o Presidente”, o programa de rádio do presidente Lula. Olá, Presidente, como vai? Tudo bem?
Presidente: Tudo bem, Luciano.

Luciano Seixas: Presidente, estamos vivendo os últimos momentos de 2010. Nos próximos dias, o senhor está concluindo o seu mandato, e parece que o senhor vai trabalhando até o último dia, é isso?Presidente: Olha, Luciano, primeiro, trabalhar até o último dia é um compromisso que nós assumimos com o povo brasileiro quando tomamos posse no dia 1º de janeiro de 2003, e depois tomamos posse, outra vez, no dia 1º de janeiro de 2007. Para que o Brasil possa fazer aquilo que é necessário, é preciso que a gente trabalhe do primeiro ao último dia. Não há nenhuma razão para a gente fraquejar, para a gente amolecer e ir parando antes do tempo. Eu tenho compromissos com a administração. Eu, até o dia 30, vou trabalhar. Eu ainda tenho que viajar esta semana para Pernambuco, ainda tenho que viajar para o Ceará, tenho que viajar para a Bahia, e tem coisa para fazer aqui em Brasília, tem inaugurações para fazer em Brasília, tem muita coisa. Então, até o dia 30 eu trabalho. No dia 31 eu paro para descansar, desligo o motor, deixo o motor esfriar para poder entregar o motor para a Dilma, com manutenção feita, tudo direitinho, para que ela possa começar, no dia 2 de janeiro, a 100 (km) por hora.

Luciano Seixas: Você está ouvindo o “Café com o Presidente”, o programa de rádio do presidente Lula. Presidente, qual a mensagem de Ano Novo que o senhor deixa para os brasileiros, nesta última edição do seu programa “Café com o Presidente”?Presidente: Olhe, antes de falar da mensagem do Ano Novo, é importante lembrar que no dia 17 de novembro de 2003 nós fizemos e colocamos no ar o primeiro programa “Café com o Presidente”. De lá para cá, já foram 279 programas. Nós paramos nas eleições de 2006 e paramos um pouco nas eleições de 2010. Eu penso que é justo que a nova presidenta da República continue este programa. Eu acho que ela deve continuar porque é um programa que tem tido um êxito extraordinário. Muitas das coisas que nós falamos aqui repercutem na televisão, à noite. Então as pessoas, mesmo que não ouviram o programa “Café com o Presidente”, ficam sabendo pela televisão. Eu acho que a nossa presidente tem que utilizar, o máximo possível, este espaço.

Olha, a mensagem que eu poderia dar para o povo brasileiro, primeiro, é a mensagem de pedir apoio para a presidenta eleita, e apoio muito forte, porque o Brasil vai precisar de muita energia positiva. O Brasil está vivendo uma fase muito importante de crescimento, de consolidação de um processo de crescimento econômico que pode nos levar a ser, dentro de cinco ou seis anos, a quinta economia mundial. O Brasil está se preparando para a Copa do Mundo de 2014, para as Olimpíadas de 2016. Mas antes disso a nova presidenta tem o PAC 2, que tem uma definição das principais obras de interesse dos estados e dos municípios. Ela já anunciou publicamente, já foi lançado o programa Minha Casa Minha Vida nº 2, que são 2 milhões de casas. Ela tem compromissos com a segurança, com a saúde, com o combate à pobreza, com creche. Portanto, serão quatro anos de intensivo trabalho e a Dilma vai precisar de todo o apoio. E é isso que eu queria pedir para vocês.

Agradecer o carinho imenso que vocês tiveram comigo nesses oito anos, dizer para vocês que eu quebrei um tabu, porque todo mundo dizia que era muito difícil governar o Brasil, que era difícil, que era complicado. Eu não achei nada complicado, achei até gostoso demais, provar que é possível fazer as coisas, provar que é possível fazer acontecer, provar que é possível permitir que o povo participe. Então, do fundo do coração, muito obrigado ao povo brasileiro, muito obrigado aos nossos ouvintes, muito obrigado a cada mulher, a cada homem, a cada criança que, nesses oito anos, me ajudaram a fazer do Brasil o que nós estamos colhendo agora.

Eu sou muito grato, Luciano. Inclusive, agradecer a você, Luciano, agradecer ao Lulinha, que está aqui nos assistindo. O Lulinha (Luiz Fara Monteiro), para quem não sabe, foi o primeiro apresentador da primeira parte do Programa. Cumprimentar os companheiros da equipe, que estão comigo aqui desde o começo, trabalhando todo domingo à noite, aqui, gravando, para que a gente coloque no ar este Programa na segunda-feira.

Então, dizer para vocês: muito obrigado, vocês fizeram parte da minha vida, vocês viveram comigo os bons momentos, viveram comigo os maus momentos. O que é importante é que, no frigir dos ovos, nós vivemos mais melhores momentos do que piores momentos. Então, eu sou um homem agradecido. Agradecido a vocês, agradecido a Deus, que foi muito generoso comigo, me deu o que eu jamais imaginei ter, ou seja, a sorte de ser presidente deste país e de poder governar o Brasil com a dimensão que o povo brasileiro queria que governasse.

Luciano Seixas: Muito obrigado, presidente Lula. Em nome da equipe da EBC Serviços – Garcez, Helenise, Anelise Borges, que também passou por aqui como o Luiz Fara Monteiro, o Marquinhos, o Reinaldo, o Leleco, que sempre está conosco –, eu agradeço esta oportunidade. Pessoalmente agradeço porque foi um grande prazer e uma grande realização profissional ter estado com o senhor todos esses domingos no programa “Café com o Presidente”.Presidente: E você esqueceu, aqui, Luciano, do Stuckinha (Ricardo Stuckert) que, de um tempo para cá, passou a gravar isso para colocar no blog do Nelson (Nelson Breve), que está hoje substituindo o Franklin (ministro Franklin Martins), no último programa. E o Cezar Alvarez, que vem com uma agenda aqui para eu poder marcar o trabalho desta semana.

Luciano Seixas: Parabéns, presidente Lula!Presidente: Obrigado, Luciano.

Luciano Seixas: Você pode acessar este programa em www.cafe.ebc.com.br. Até uma próxima oportunidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário