segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Projeto visa qualificar professores e gestores da rede pública do Nordeste

Foi lançado, nesta segunda-feira (24), um novo plano para tentar melhorar os índices da educação básica no Nordeste. O projeto, que será realizado pela Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj), vai oferecer cursos gratuitos de especialização e mestrado aos professores da rede pública de 750 municípios de toda a região. A iniciativa faz parte do Programa Nacional da Educação, do Governo Federal, que tem metas para os próximos oito anos.

Com o plano, a Fundaj passará a usar toda a sua estrutura para produzir pesquisas e formar mão de obra, visando à qualificação de professores e gestores da rede pública de todo o Nordeste. “Estamos com 26 metas em pesquisa, formação e difusão. Vamos atuar nos municípios onde houve impacto e desenvolvimento, como aqueles que circundam a bacia do São Francisco, o Porto de Suape, o Porto de Pecém e a Transnordestina. Vamos atuar, também, na interiorização das universidades federais e públicas”, afirma o presidente da Fundação, Fernando Freire.

Uma das pesquisas vai avaliar se as escolas do Nordeste estão adequadas para o uso de novas tecnologias, que são fundamentais nesse processo de aprendizagem. Outra proposta é explorar o projeto CineEducação, utilizando filmes em salas de aula para explicar contextos históricos, políticos e sociais.

Fonte: G1 PE

Nenhum comentário:

Postar um comentário