quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

TSE nega recurso e Mário Feitosa continua como suplente

Salviano conquistou, após a decisão do TSE, a segunda vitória no mesmo dia
Por: Antonio Oliveira
O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) negou, na noite desta terça-feira, agravo regimental interposto pelo empresário Mário Feitosa contra decisão do TRE que beneficiava o deputado federal Manoel Salviano (PSDB). Candidato à Câmara Federal pelo PMDB, Feitosa apareceu na primeira lista de eleitos, mas, com a recontagem de votos, que beneficiou o tucano Salviano, acabou caindo para a suplência.
Insatisfeito com a decisão do TRE, Mário Feitosa entrou com recurso no Tribunal Superior Eleitoral na tentiva de garantir a sua vaga na Câmara Federal. Salviano chegou a ser incluído como ficha suja pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) por possíveis irregularidades na contratação de servidores quando prefeito de Juazeiro do Norte.
A medida do TCM acabou por provocar o indeferimento de sua candidatura. Ele recorreu ao TCM, comprovou que não era responsável pela contratação de servidores, foi ao TRE e garantiu o registro da candidatura. Salviano já havia comemorado no início da noite a aprovação das contas de campanha pelo Tribunal Regional Eleitoral.

Nenhum comentário:

Postar um comentário