quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Geopark atua com pioneirismo na educação ambiental inclusiva



A educação ambiental inclusiva vem sendo desenvolvida, pela primeira vez, através Geopark Araripe.

Na última segunda-feira, deficientes auditivos de quatro escolas públicas do Crato, estiveram participando de uma manhã de vivências no Centro de Interpretação do Geopark Araripe, no Parque de Exposições do Crato.

Os participantes, com faixa etária entre 8 e 16 anos, tiveram a oportunidade de conhecer o novo banco de sementes da Floresta Nacional do Araripe (Flona), além de participar de uma trilha adaptada.

Geopark atua com pioneirismo na educação ambiental inclusiva

Durante esse passeio foram realizadas atividades educativas, observação de pássaros, plantas. As crianças e adolescentes conheceram espécies nativas.

Pais dos alunos e professores também participaram das atividades, e admitiram, junto com os filhos, estarem conhecendo pela primeira vez a Flona. A perspectiva é que a próxima atividade aconteça no Geossítio Colina do Horto.


Publicado em Cidades

Nenhum comentário:

Postar um comentário