quinta-feira, 19 de julho de 2012

CARIRI Roteiro de muitas descobertas


A região do Cariri, situada no Sul do Ceará, é considerada o oásis do sertão pela riqueza natural e pela história contida na terra, nas florestas e nas rochas. É apontada como um dos principais polos de estudos paleontológicos do País
A fama da região vai muito além da paisagem. A qualidade do artesanato, por exemplo, já é reconhecida internacionalmente, quase tanto quanto sua história de religiosidade que, todos os anos, leva milhões de fieis às cidades da região.

O Cariri cearense ocupa uma área de 6.342,3 quilômetros quadrados abrangendo os municípios de Abaiara, Barbalha, Brejo Santo, Crato, Jardim, Juazeiro do Norte, Mauriti, Milagres, Missão Velha, Porteiras e Santana do Cariri. Em seis dessas cidades, nove geossítios formam aquele que é um dos principais atrativos turísticos da região, o Geopark Araripe, que contém as mais belas paisagens do destino e as mais antigas histórias.

Enquanto os fósseis e as paisagens naturais contam a história da terra da região do Cariri, o povo que reside no oásis do sertão mantém viva a cultura popular, repassando tradições de geração para geração. Para isso, o caririense faz uso do artesanato, da música e do conhecimento adquirido no cotidiano sertanejo.

Conhecer a confecção manual de peças de couro cru, por exemplo, é unanimidade entre os visitantes que vão até a cidade de Nova Olinda, a 545 quilômetros de Fortaleza. No local, reside a família Seleiro, dona da mais famosa oficina de peças de couro e que já exporta moda para o exterior.

Somado à riqueza natural e à criatividade do artesanato da região do Cariri está o turismo religioso. Juazeiro do Norte, a terra do Padre Cícero Romão Batista, somente em 2011 recebeu 2,5 milhões de visitantes, entre curiosos e devotos. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário