segunda-feira, 9 de julho de 2012

Brasil produzirá mosquito transgênico para combate à dengue


O Brasil dará início à produção em larga escala de mosquito transgênico que será utilizado para o combate à dengue. Neste sábado (7), o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, participou, na Bahia, da inauguração da fábrica com maior capacidade de produção mundial do mosquito da dengue estéril. A unidade funcionará em Juazeiro, na sede da empresa pública Moscamed, especializada na produção de insetos transgênicos para controle biológico de pragas.
Brasil produzirá mosquito transgênico para combate à dengue
Com 720 m2 de área, a unidade fabril vai confeccionar em larga escala do macho do Aedes Aegypt geneticamente modificado. A produção do mosquito transgênico será supervisionada pelo Ministério da Saúde. A intenção do governo federal é utilizar tecnologia inovadora criada nacionalmente como opção de controle da dengue em todo o Brasil. “Nós incentivamos o desenvolvimento deste projeto e vamos monitorar de perto, pois promete ser uma alternativa efetiva de controle da principal epidemia urbana do país”, afirmou o ministro da Saúde, Alexandre Padilha.
Ceará
Em 2012 foram notificados 56.611 casos de dengue em 184 (100%) municípios do Ceará. Destes, 35.195 casos foram confirmados em 152 municípios (82,6%).
Até este sábado (7), a Secretaria de Saúde do Ceará (Sesa) confirmou 61 óbitos por dengue no Estado, sendo 31 somente em Fortaleza. A Sesa ainda investiga 31 outras 31 mortes.
Com informações do Ministério da Saúde

Nenhum comentário:

Postar um comentário