terça-feira, 16 de novembro de 2010

TÉCNICOS DA UNESCO VISITAM GEOSSÍTIO DA COLINA DO HORTO

 Secretário de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Romaria, Professor José Carlos dos Santos, representou o Prefeito Dr. Santana na recepção a uma equipe de técnicos da UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura) que esteve por volta de 17h30min de ontem, segunda-feira, visitando o Geossítio Colina do Horto – Santo Sepulcro, parte integrante do Geeopark Araripe, o primeiro das Américas. O Secretário esteve acompanhado do administrador da Colina, Padre José Venturelli, da ordem Salesiana.

O Geopark Araripe está sendo avaliado por essa comissão que é formada pelos maiores especialistas em geoparks do mundo. Em Juazeiro, especificamente, esteve visitando a Colina do Horto o português Artur Agostinho Sá, do Geopark Arouca em Portugal e consultor do Geopark Araripe e o francês Guy Martine da Rede Global de Geopark da UNESCO. Eles estão visitando todos os 10 geosítios e já passaram por Missão Velha e Barbalha. Hoje, visitam Santana do Cariri e Nova Olinda. Os técnicos da UNESCO estavam acompanhados do coordenador executivo do Geopark Araripe, Patrício Melo.

A UNESCO esta realizando a primeira avaliação do Geopark Araripe, 4 anos após a implantação, sendo o primeiro das Américas. O Secretário José Carlos fez uma contextualização histórica de Juazeiro do Norte que, em 2011, chega ao seu primeiro centenário. Durante as explanações de José Carlos e do Padre Venturelli os técnicos ouviram atentamente e não esconderam a admiração pela história do Padre Cícero e do início da povoação e peregrinação ao Santo Sepulcro.

O português Agostinho Sá disse “que o geossítio Colina do Horto é encantador tanto quanto a sua história”. “Aqui observamos história e ciência juntas. Eu já conhecia, mas é sempre positivo – como vocês dizem aqui no Brasil – estar em um lugar místico que reúne pessoas (romeiros) de todas as partes anualmente. Essas pessoas, graças ao Padre Cícero, não é verdade? Descobriram esse geossítio antes mesmo de nós cientistas”, afirmou entusiasmado o técnico. Um Geopark tem a chancela internacional através da UNESCO e esse processo de avaliação é constante.  A cada ano essa avaliação torna-se mais rigorosa para que sejam preenchidas as exigências consideradas preponderantes na determinação de uma autogestão dos municípios inseridos no geopark.

Estas visitas antecedem a realização da 1ª Conferência Latino-americana e Caribenha de Geoparques 2010 que ocorre de amanhã, 17, ate 19, no âmbito do Geopark Araripe, através da URCA, SECITECE (Secretaria da Ciência, Tecnologia e Educação Superior do Estado) e em cooperação com a UNESCO. O evento será desenvolvido na Casa de Eventos Boulevard na divisa de Juazeiro com Barbalha.  O Secretário de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Romaria, José Carlos, acredita que o Geopark Araripe continuará com a certificação e que “o Geossítio Horto será um dos mais visitados do mundo tanto pela fé dos romeiros do Padre Cícero e da Mãe das Dores como por sua importância científica, principalmente, em 2011, ano do nosso centenário”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário