quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Cai consumo de arroz e feijão e sobe o de refrigerante e cerveja, diz IBGE

Em seis anos, o brasileiro passou a comer menos arroz e feijão e aumentou o consumo de refrigerante e cerveja em casa.
Segundo pesquisa do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), entre 2002-2003 e 2008-2009, a quantidade média que cada brasileiro comia de arroz caiu 41%, indo de 24,6 quilos por ano para 14,6 quilos.
A média de feijão passou de 12,4 quilos por ano para 9,1 quilos (redução de 27%).
No sentido contrário, os refrigerantes de cola tiveram seu consumo aumentado em 40%, passando de 9,1 quilos por ano para 12,7 quilos (a medida das bebidas está em quilos, e não em litros porque o IBGE fez a conversão para padronizar os valores da pesquisa).
O consumo doméstico de cerveja pulou 22%, crescendo de 4,6 quilos para 5,6 quilos por ano por pessoa em média.
odos esses números se referem exclusivamente a consumo dos produtos em casa, não sendo consideradas as compras feitas pelos consumidores fora de seus domicílios.
Os dados fazem parte da Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF), do IBGE, sobre consumo médio de alimentos em casa.
A última pesquisa foi realizada entre maio de 2008 e maio de 2009, mas a divulgação aconteceu só nesta quinta-feira (16). O levantamento anterior a esse é de 2002-2003

Açúcar e farinha

Outros produtos como açúcar e farinha também apresentaram diminuição importante. O açúcar refinado foi o produto que teve a maior queda percentual de consumo: 48%. Em 2002-2003, teve aquisição média de 6,1 quilos, enquanto em 2008-2009, apresentou média de 3,2 quilos.
A farinha de trigo e a farinha de mandiocativeram reduções de 33% e 32%, respectivamente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário