segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Por status de ídolo, Ronaldo se aposenta do futebol PUBLICIDADE BERNARDO ITRI DO PAINEL FC


Pensando em não arranhar sua imagem comercial e de ídolo do país, Ronaldo, 34, convocou um entrevista para anunciar hoje sua aposentadoria do futebol.
John Vizcaino - 2.fev.2011/Reuters
Ronaldo em lance contra o Tolima
Ronaldo em lance contra o Tolima
"A decisão é só dele, mas são grandes as chances de ele fazer isso [anunciar a aposentadoria] amanhã [hoje]", declarou ontem à Folha Fabiano Farah, agente do atacante corintiano.
A reportagem apurou que foi após o revés para o Tolima e a consequente eliminação do Corinthians da Libertadores que voltou à tona na cabeça do atacante sua intenção de abandonar o futebol.
As ameaças de torcedores à sua família, que vêm acontecendo desde o ano passado, também pesaram em sua decisão de parar de jogar.
Segundo pessoas que trabalham com Ronaldo, nenhuma questão contratual ainda foi discutida, nem os acordos comerciais envolvendo o atacante, o Corinthians e os investidores --o atacante recebe um percentual do patrocínio de camisa.
Essas questões começarão a ser analisadas a partir de hoje, quando Ronaldo anunciar sua aposentadoria.
No entanto, de acordo com um amigo muito próximo do atacante, uma das possibilidades estudadas por Ronaldo para tentar manter o vínculo com seus patrocinadores é fazer esporadicamente partidas de exibição.
Seria uma espécie de turnê de despedida para promover sua marca e para não quebrar os contratos que tem hoje com investidores.
Outra ideia do estafe do jogador é que Ronaldo promova as marcas que têm vínculo, expondo-as em eventos que ele for convidado. Mas não se sabe se ele ainda jogará uma partida oficial para fazer uma despedida.
A boa relação do jogador e de seu estafe com a Hypermarcas, principal anunciante do Corinthians, e com outras empresas é outro fato que deixa Ronaldo mais à vontade para se aposentar e não se preocupar com possíveis danos nos acordos comerciais que ele e o clube possuem atualmente.
Com esse cenário aparentemente tranquilo, a intenção do atacante com a aposentadoria é deixar de expor sua imagem em fatos negativos, como os que vêm acontecendo nos últimos tempos.
Caso esses planos sejam concretizados, Ronaldo manterá seu vínculo com o Corinthians até o final deste ano, pelo menos.
Aliados do presidente do Corinthians, Andres Sanchez, dizem que ele sabe sabe da decisão de Ronaldo e que não foram criadas barreiras para adiar o anúncio da aposentadoria do atacante.
Procurado pela reportagem, Andres Sanchez não atendeu aos telefonemas. A assessoria de imprensa do Corinthians confirmou apenas que Ronaldo concederá uma entrevista coletiva hoje, às 12h40, no centro de treinamento do clube.

Nenhum comentário:

Postar um comentário