sábado, 26 de maio de 2012

Ato em defesa da liberdade inicia Encontro de Blogueiros


O 3o Encontro Nacional de Blogueiros começou nesta sexta-feira (25), em Salvador (BA), com um grande ato político em defesa da blogosfera e da liberdade de expressão. Diversos parlamentares, jornalistas, blogueiros e representantes de movimentos sociais falaram para mais de 200 pessoas no ato inaugural do evento.

Manoel Porto

A luta pelo marco regulatório e pela liberdade de expressão são temas de debates no eventoPara o presidente do Barão de Itararé – uma das entidades que organizam o evento -, a blogosfera é um movimento amplo e plural, “que constrói a unidade na diversidade”. Ele justificou a escolha do tema do 3o BlogProg: “O mote do segundo Encontro foi a necessidade de democratizarmos a comunicação. Dessa vez, além de manter a luta pelo marco regulatório e pela liberdade de expressão, temos uma nova motivação. A blogosfera passou a incomodar”.

Segundo Borges, a grande mídia tem atacado diariamente a blogosfera, numa tentativa de estigmatizar e marginalizar a chamada mídia alternativa. “Além disso, há um crescente processo de judicialização da censura. Vários blogueiros são processados, numa tentativa de asfixiar a blogosfera”. Como exemplo, ele cita os casos mais emblemáticos, como os dos blogueiros Paulo Henrique Amorim e Luis Nassif. “Também estão ocorrendo ameaças e atos de violência, como o recente assassinato de um blogueiro no Maranhão”, diz.

Papel da blogosfera

Marcio Pochmann, presidente do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), exaltou o papel que a blogosfera vem cumprindo no país. “É um momento muito significativo na produção de conhecimento e informação. Temos que valorizar o trabalho dos blogueiros”, afirma. Ele ainda avalia que estamos diante da “batalha pela superação do subdesenvolvimento brasileiro” e acrescenta que a ausência de regulação na comunicação é uma grave falha do sistema democrático brasileiro.

Representando o campo da Comunicação Pública, o presidente da Empresa Brasil de Comunicação (EBC), Nelson Breve, também participou da cerimônia. “A blogosfera atua como uma imprensa vigilante. Além de trazer novas informações e pontos de vista, ela também vigia os erros e a partidarização, às vezes excessiva, da grande imprensa”, opina.

Breve ainda celebrou a pluralidade do BlogProg: “Não há democracia que sobreviva sem que todos os segmentos da sociedade tenham o direito à informação e à expressão. Precisamos construir juntos a unidade na diversidade e a unidade da diversidade. A EBC está tentando construir isso na Comunicação Pública do país.”

Parlamentares e Lula

“Por vontade própria”, segundo Altamiro Borges e Tatiane Pires (blogueira do Rio Grande do Sul), o ex-presidente Lula enviou uma belíssima mensagem em vídeo. “O trabalho de vocês é muito importante. A Internet é um meio fundamental para garantir a liberdade de expressão, a diversidade de opinião e a construção da cidadania e participação na vida política do país”, afirmou.
Lula também fez coro à democratização da comunicação, defendendo, em sua mensagem, a construção do marco regulatório do setor. “A comunicação não pode estar concentrada na mão de tão poucas pessoas e em tão poucos lugares. Temos que ouvir as diversas opiniões do norte, do nordeste, da mulher, do negro, de todos os grupos. Vamos lutar juntos por um país mais justo e democrático também na área da comunicação”, acrescentou.

Antonio do Carmo, representante da Secretaria de Comunicação Social da Bahia, deu boas-vindas ao blogueiro. O estado que sedia o evento é o primeiro no país a ter um Conselho de Comunicação. “Apoiar o Encontro foi a expressão maior de todas as mudanças que vem ocorrendo na Bahia que, de cinco anos pra cá, vem respirando ventos democráticos”, diz.

No telão, o governador baiano Jaques Wagner – ausente por motivos de agenda -, enviou sua saudação. Ele afirmou que “as empresas de comunicação são um negócio, mas a informação de qualidade deve estar acima de interesses privados”. Encerrando a participação dos parlamentares, também estiveram presentes o deputado João Arruda (PMDB-PR), Renato Simões (PT) e Alice Portugal (PCdoB).

Movimentos sociais

Paulo Salvador, da Central Única dos Trabalhadores (CUT), e Emanoel Souza, da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), falaram sobre a importância de levar as lutas dos ativistas digitais, principalmente a democratização da mídia, para os movimentos sociais. “Temos um empenho, enquanto Central, em tratar a Comunicação como um ponto estratégico”, afirma Salvador. Segundo ele, a efervescência desse debate em torno da mídia é irreversível. “Temos que lutar tanto pelo marco regulatório, quanto continuar fazendo a nossa própria mídia, no cotidiano”, avalia.

Por sua vez, Emanoel Souza ressaltou que o movimento social não é apenas “amigo da blogosfera”, mas “quer participar junto desse processo”. Sobre o processo de luta pela criação do Conselho de Comunicação da Bahia, Souza afirmou que a luta pela democratização da mídia tinha vários vieses no estado. “A união do movimento social, dos grupos minoritários e do Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação (FNDC) que nos permitiu dialogar e construir um movimento forte”, diz.

Encerramento do ato

Encerrando o ato, o jornalista Paulo Henrique Amorim, autor do Conversa Afiada, pediu a palavra e reafirmou o grande problema da perseguição aos blogueiros. Depois, conclamou os presentes a um deslocamento em massa à estátua de Castro Alvez, localizada no centro de Salvador. “Fui contido pelo bom senso dos meus companheiros”, brincou. Ele ainda declamou trechos do poema “Livro e a América”, composto por Castro Alves.

Por Felipe Bianchi, do blog do Barão de Itararé


Nenhum comentário:

Postar um comentário