sábado, 5 de maio de 2012

Juazeiro do Norte-CE: materiais atrasa obras no aeroporto do Cariri



A construção de novos módulos operacionais permitirá a ampliação das áreas de embarque e desembarque



Os módulos já estão com a parte de estrutura metálica totalmente pronta FOTO: ELIZÂNGELA SANTOS

Juazeiro do Norte. As obras dos Módulos Operacionais do Aeroporto Orlando Bezerra de Menezes (MOPs), neste Município, não foram concluídas no prazo previsto, 30 de abril passado. O atraso foi causado pela falta de materiais para revestimento das paredes dos novos espaços, que vem suprir a demanda atual de usuários do equipamento.

O material é adquirido no Rio Grande do Sul e os fabricantes deram até 90 dias para a entrega do que já deveria estar pronto, de acordo com a previsão da superintendência, no início deste mês de maio. Com os módulos, ampliando as áreas dos terminais de embarque e desembarque, o aeroporto passa a ter uma capacidade anual de mais de 500 mil passageiros.

Até o final de abril, passaram pelo local cerca de 150 mil usuários, um crescimento de 50%, em relação ao mesmo período do ano passado, quando foram registradas 65 mil pessoas. Por mês, passam pelo aeroporto em torno de 38 mil passageiros. Atualmente, o terminal aéreo conta com 9 voos diários e um aos domingos. A partir do segundo semestre, mais um voo para Campinas, em São Paulo, será iniciado, por meio da empresa Azul Linhas Aéreas.

Mesmo com várias adequações que já foram feitas na atual área, para facilitar o fluxo de pessoas, que tem aumentado a cada ano, o espaço ainda não tem sido suficiente para suportar o número de passageiros de embarque e desembarque de apenas um voo sequer. Com os novos módulos, a atual área será transformada em espaço comercial. O aeroporto passa pela ampliação depois de mais de três décadas de existência e reivindicações da sociedade e autoridades do Estado, além do Ministério Público Federal (MPF), que fez recomendações ao Governo do Estado e à Infraero para providenciar melhores condições na infraestrutura do equipamento.

Fluxo

O fluxo diário no aeroporto passa de 3.600 pessoas. O início desde ano já contava com o dobro de voos relacionado ao mesmo período do ano passado. O aeroporto atende à demanda de público da região do Cariri e cidades interioranas de Estados vizinhos como o Pernambuco e a Paraíba.

Por conta do crescimento, em outubro do ano passado, depois de várias reivindicações e intervenção do Ministério Público federal, foi iniciada a construção dos MOPs, ampliando a área de embarque e desembarque em 1000 m², com o embarque numa área de 600m² e o desembarque ocupando um espaço de 400 m². A área correspondente a esses espaços hoje é de 950 m².

A previsão de 500 mil passageiros por ano já está praticamente no limite da realidade atual de lotação. Os novos módulos estão sendo construídos por meio da Infraero, num investimento de R$ 2,8 milhões. Isso fará com que o aeroporto regional tenha capacidade para dois pousos simultâneos.

As operações tem ocorrido com dificuldade para cada pouso. Os módulos já estão com a estrutura metálica totalmente concluída, faltando apenas o material especial para o revestimento total da área.

Em virtude do grande aumento de voos destinados ao Cariri, desde o ano passado, que o aeroporto passou a ter funcionamento 24 horas. Com a otimização do espaço, houve pequenas melhoras na área comercial, embarque e desembarque.

Ampliação

Com a construção dos módulos operacionais, a área comercial do aeroporto, conforme o superintendente, Roberto Germano, ficará bem mais ampla, com adequações da atual sala de embarque. Uma parte da pista também está sendo recuperada.

De acordo com Germano, o crescimento no número de voos para a cidade deve-se, principalmente, à popularidade das viagens aéreas no Brasil, mas, no caso de Juazeiro do Norte, tem questões relacionadas ao turismo religioso e negócios, além da instalação e crescimento das universidades.

Com isso, o público tem sido favorável, além do crescimento da classe média na região. O Aeroporto Orlando Bezerra de Menezes fechou o ano passado com movimento 40% acima de 2010. Foram quase 340 mil embarques e desembarques à terra do Padre Cícero.

Em virtude do aumento de voos destinados ao Cariri, desde o ano passado, o aeroporto passou a ter funcionamento por 24 horas

FIQUE POR DENTRO

São 10 voos diários partindo de Juazeiro

Diariamente 10 voos saem da região do Cariri para Brasília, Fortaleza, Guarulhos, Rio de Janeiro, Recife e São Paulo. As empresas que atuam no aeroporto são: Azul, Passaredo, Avianca e Gol.

Os voos são: Azul – São Paulo (Viracopos) – Chegada às 2h25 e saída às 3h20; Passaredo – Fortaleza – Chegada 5h45 e saída às 7 horas (vôos segunda a sábado); Aviança – Guarulhos – Chegada 8 horas e saída às 8h30; Aviança – Fortaleza – Chegada 10h45 e saída às 11h15; Gol – Rio de Janeiro/Fortaleza – Chegada às 12h30 e saída às 13 horas(aos domingos); Avianca – Brasília – Chegada às 13h55 e saída às 16h20; Gol – Rio de Janeiro/Fortaleza – Chegada às 14h10 e saída às 14h40; Gol – Brasília/Recife – Chegada às 15h05 e saída às 15h40; Avianca – Guarulhos/Fortaleza – Chegada às 19h55 e saída Às 20h25; Passaredo – Guarulhos/Vitória da Conquista/Salvador – Chegada 21h26 e saída às 21h58 (domingo à sexta-feira).

A partir do segundo semestre será iniciada operação de mais um voo para Campinas (SP), pela empresa Azul Linhas Aéreas. A ampliação acompanha a crescente demanda pelo transporte na região.

Mais informações:

Aeroporto Orlando Bezerra de Menezes, Avenida Virgílio Távora, 4000, Bairro Aeroporto
Juazeiro do Norte (CE)
Telefones: (88) 3311.6524

Diário do Nordeste

Nenhum comentário:

Postar um comentário