quinta-feira, 31 de maio de 2012

Maranguape recebe exposição oficial da vida de Chico Anysio


Nos mais de 200 personagens que criou, Chico Anysio deixou gravado um traço de sua genialidade. Com uma obra que engloba televisão, música e literatura, o cearense, natural de Maraguape, é considerado, talvez, o maior humorista que o País já teve. Um pouco deste legado estará a partir desta quinta-feira, dia 31, na exposição “Chico Anysio – A trajetória de um mito, um ídolo fora de série”, na casa onde nasceu, agora transformada em museu com seu nome.


A exposição é oficial, produzida pelo filho do humorista, André Lucas, em parceria com o Instituto Chico Anysio, e será inaugurada às 18h, como parte da programação de abertura do IV Festival Nacional de Humor de Maranguape. Malga Di Paula, viúva do humorista, estará presente.

No acervo, estão painéis com seus principais personagens e bordões, vídeo sobre sua história, além de figurinos originais, objetos pessoais, livros de sua biblioteca, discos, caricaturas entre outros. A exposição vem circulando o País e deve passar por todos os Estados da Federação.

Festival de Humor

O IV Festival Nacional de Humor acontece de 31 de maio a 02 de junho. Durante a abertura, no dia 31, será também apresentado em primeira mão um espetáculo da Escolinha do Prof. Raimundo, criado especialmente para esta ocasião. Dois dos filhos de Chico Anysio, André Lucas e Nizo Neto, sobem ao palco ao lado de outros atores que também fizeram parte do programa humorístico mais famoso da televisão brasileira.

A Escolinha terá em Maranguape André Lucas como Professor Raimundo e, na “sala de aula”, Nizo Neto (Ptolomeu), Eliezer Motta (Batista), Ataíde Arcoverde (Sivi), David Pinheiro (Armando Volta), Maurício Manfrine (Paulinho Gogó) e os cearenses Karla Karenina (Meirinha) e João Netto (Zé Modesto). A apresentação é gratuita, no palco do festival, montado na Praça Capistrano de Abreu, a principal da cidade.

O IV Festival Nacional de Humor é apresentado pelo Ministério da Cultura, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura / Governo Federal, numa realização conjunta com a Associação dos Agentes do Patrimônio Natural e Cultural de Maranguape – APAMA e Prefeitura Municipal de Maranguape, por meio da Fundação Viva Maranguape de Turismo, Esporte e Cultura – FITEC. Patrocínio: Eletrobras, Petrobras, Banco do Nordeste e Correios. Apoio Cultural: Bradesco, Caixa, SESC-CE, Secretaria da Cultura, através da Lei Estadual de Incentivo à Cultura / Governo do Estado do Ceará. Promoção: Diário do Nordeste e TV Diário. Toda a programação é gratuita.

Peças

Entre as peças da exposição, estão 12 painéis com imagens digitais frente e verso do humorista na pele de seus personagens, 24 quadros, seus bordões, figurinos originais usados durante as gravações dos programas, de personagens como o Professor Raimundo, Coalhada, Velho Zuza, Painho, Bozó e Pantaleão.

Também estarão expostos 19 livros escritos por Chico, como “Feijoada no Copa”, “O enterro do anão”, “O tiete do agreste” e “Mesa de Boteco”. Também 19 capas de discos gravados pelo humorista, como “Chico com C”, “Baiano & os Novos Caetanos”, “30 anos de Chico Anysio” e “A volta – Baiano & os Novos Caetanos”. Dentre os objetos pessoais estão o Troféu Imprensa que recebeu em 1989, gravata, peruca do personagem Tim Tones e outras peças exclusivas deste acervo.

Serviços

Exposição “Chico Anysio"

A trajetória de um mito, um ídolo fora de série” – Abertura nesta quinta-feira, dia 31, às 18h, no Museu Chico Anysio (Rua Chico Amador, 68, Maranguape).

IV Festival Nacional de Humor

De 31/05 a 02/06 em Maranguape/CE. Informações: (85)3369.9188 (Fundação Viva Maranguape de Turismo, Esporte e Cultura – FITEC).
Site: www.festivalnacionaldehumor.com.br
Toda a programção é gratruita.

Fonte: Prefeitura de Maranguape

Nenhum comentário:

Postar um comentário