quarta-feira, 30 de março de 2011

Em Portugal, Lula dedica título de doutor honoris causa a Alencar


O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta quarta-feira (30), durante sua chegada à Universidade de Coimbra – uma das mais antigas e importantes da Europa –, que seu ex-vice, José Alencar, ficaria "muito feliz" por ele se estivesse vivo. Lula recebeu o título de doutor honoris causa e afirmou sentir "um misto de alegria e tristeza", pelo reconhecimento da Universidade de Coimbra e pela morte de José Alencar, na tarde de terça-feira.

Emocionado, Lula dedicou a conquista ao ex-vice-presidente. "Nada disso seria possível sem a colaboração generosa e leal daquele que foi o meu parceiro de todas as horas, um dos homens mais íntegros que já conheci, o inesquecível estadista que perdemos ontem (29), para a consternação de toda a sociedade brasileira: o meu vice-presidente, José de Alencar Gomes da Silva", declarou.


Lula lembrou que o ex-vice foi homenageado junto com ele em janeiro, quando os dois receberam um título de honoris causa da Universidade de Viçosa, em Minas Gerais. O ex-presidente chegou à universidade por volta das 9h40 e foi recebido por um grupo de estudantes brasileiros da instituição, que o cercaram em busca de fotos e autógrafos.

Nesta terça-feira, quando soube da morte de Alencar, Lula chorou e disse que dedicava ao político o título honoris causa da Universidade de Coimbra. Lula iniciou o pronunciamento dizendo que não tinha muito que falar e classificou o momento como de "muita dor e muito sofrimento". O ex-presidente relembrou seu mandato junto a Alencar e Dilma e afirmou que a relação dos dois não era de vice e presidente e sim de "irmãos e companheiros".

Ele precisou interromper seu discurso em várias ocasiões. O ex-presidente contou que conversou com Alencar antes de embarcar para Portugal. "Ele disse que estava bem, que estava em casa e que ele sabia que, do ponto de vista clínico, ele não tinha mais muita expectativa, mas como era um homem de fé, tinha esperança que a fé em Deus iria ajudá-lo”.

O ex-presidente ainda falou da importância de Alencar em sua campanha. "Todo mundo sabe que eu perdi muitas eleições no Brasil, todo mundo sabe que eu tinha 30%, 34%, 32%, 33% e eu precisava encontrar restante, e o restante eu encontrei no José Alencar".

Lula ressaltou ainda que o ex-vice-presidente era "um homem de dimensão extraordinária" que tinha um otimismo que chegava a dar inveja. "Poucos seres humanos têm a alma de José Alencar", afirmou. "É muito fácil a gente falar das pessoas depois que morrem porque todo mundo fica bom depois que morre, mas o José Alencar era bom em vida", disse Lula.

Honras de chefe de Estado
O avião da Força Aérea Brasileira (FAB), que transporta o corpo do ex-vice-presidente José Alencar, decolou do Aeroporto de Congonhas, em São Paulo, por volta das 7h45. A previsão de chegada a Brasília é por volta das 10 horas – um atraso de 45 minutos do previsto inicialmente.

Em Brasília, Alencar será homenageado com honras de chefe de Estado. Ainda no local, ele será homenageado com honras militares. O corpo será recebido pelo presidente da República em exercício, Michel Temer, e os presidentes José Sarney (Senado), Marco Maia (Câmara dos Deputados) e Cezar Peluso (Supremo Tribunal Federal).

Em seguida, haverá um cortejo fúnebre pelo eixo central de Brasília, a principal avenida da capital federal. Em carro aberto, o corpo de Alencar será levado até o Palácio do Planalto. Carregado pelos Dragões da Independência, o caixão subirá a rampa do prédio, repetindo o caminho que Alencar fez ao lado de Lula em 1º de janeiro de 2003.

Para as 10h30, está previsto o início do velório, que permanecerá aberto para visitação pública durante todo dia. A presidente Dilma Rousseff e Lula devem chegar no começo da noite desta quarta-feira.

O Palácio do Planalto informou que a visitação pública no velório será encerrada às 23 horas. O corpo de Alencar deve deixar Brasília na quinta (31) com destino a Minas Gerais. Apesar de ter nascido em Muriaé (interior do estado), Alencar será enterrado em Belo Horizonte.


Com informações das agências

Nenhum comentário:

Postar um comentário