terça-feira, 29 de março de 2011

TESTES EM AGOSTO ExpoCeará com acessos em dezembro e ponte em estudo

Clique para AmpliarSetur anunciou também a mudança do nome do Centro de Feiras e Eventos, que passa a se chamar ExpoCeará
Um projeto que fará a ligação entre a Av. Washington Soares e a Cidade 2000 foi anunciado ontem pelo secretário de Turismo do Estado do Ceará, Bismarck Maia, em reunião que anunciou o mês de dezembro como a data final para conclusão dos túneis de acesso ao novo Centro de Feiras e Eventos, que passa a ser chamado de ExpoCeará, a partir de agora.


De acordo com ele, o "projeto encontra-se em fase final para ir à licitação" e trata-se de uma ponte que passará por cima do Rio Cocó partindo das imediações da Avenida Paisagística, logo atrás do novo empreendimento do Governo do Estado.

Bismarck ressaltou que a obra foi idealizada ainda quando o ExpoCeará sequer tinha local definido. Mas, depois de decisão tomada pelo governo, passará a servir como mais uma via de escoamento para o trânsito.

Em busca de mais informações, a reportagem fez contato com as assessorias jurídica e de imprensa da Setur.

A Assessoria de Comunicação da pasta garantiu que o projeto realmente encontrava-se em estudo, mas sob responsabilidade da Secretaria de Infraestrutura do Estado (Seinfra).

Por sua vez, a assessoria de imprensa da Seinfra afirmou apenas que o projeto ainda não tem nada fechado e "o que se sabe é que é uma ponte sobre o Rio Cocó". Ao todo, serão investidos R$ 76,9 milhões na construção de quatro trincheiras subterrâneas que dão acesso à Avenida Washington Soares (pela frente) e na Avenida Paisagística (por trás).

"Fizemos uma rua de acesso ao Centro e não houve alteração no trânsito da Avenida (Washington Soares) e não teremos problemas com os túneis", ressaltou o secretário de Turismo, Bismarck Maia.

Sem congestionamento
Ele alegou que a via de acesso ao ExpoCeará, feita na Washington Soares sentido Unifor-Iguatemi para a entrada dos visitantes foi realizada "sem congestionamento e ainda facilitou o trânsito extinguindo dois sinais de trânsito que existiam nas proximidades".

De acordo com o projeto apresentado pelo secretário ontem, em reunião com componentes do trade turístico do Estado, outros dois sinais de trânsito irão ser retirados da avenida com a construção dos túneis de acesso, o que "agilizar a entrada e a saída para o centro de eventos e de equipamentos vizinhos", segundo Bismarck.

Cada um dos quatro túneis terá 9,5 metros de largura e está, de acordo com o secretário de Turismo, com 20% das obras concluídas. Ele também afirmou que os trabalhos para a construção das vias de acesso, de responsabilidade do consórcio entre as construtoras Galvão Engenharia S/A e Andrade Mendonça S/A, iniciaram em 6 de novembro do ano passado e tem prazo de construção de 360 dias (a partir da data de assinatura da ordem de serviço).

Eventos pilotos em agosto
Depois de adiar a inauguração do ExpoCeará de agosto para dezembro deste ano, a Setur garantiu a realização de três eventos em 2011: um em agosto (Maquintex), outro em setembro (Convenção Nacional da Câmara dos Dirigentes Lojistas) e o último em outubro (Expo Sports). "Eles servirão para a gente sentir o clima, para garantir a operacionalidade do ExpoCeará", defendeu o secretário.

Com 70% das obras concluídas em uma área de 152,6 metros quadrados, o investimento de R$ 328 milhões teve aplicação mais intensa na parte leste, onde a conclusão está prevista para o segundo semestre deste ano e onde serão realizadas as feiras pilotos.

Expectativas
O presidente da primeira convenção, a Maquintex (setor têxtil), o catarinense Hélvio Roberto Pompeo, admitiu apreensão com o prazo dado para o término das obras. No entanto, após visita ao Ceará na semana passada, disse estar tranquilizado depois de um encontro com representantes da Setur e engenheiros responsáveis pela obra.

"O nosso evento envolve toda uma cadeia produtiva. São milhares e milhares de pessoas indo para o Ceará", ressaltou e ainda contou: "garantiram que no dia primeiro de agosto nos darão a chave do pavilhão leste para montarmos a feira".

O otimismo também fez parte das declarações do terceiro evento a ser promovido no ExpoCeará. Para Thé Junior, coordenador da Expo Sports, "as coisas estão tranquilas" e ele encontra-se confiante em relação à conclusão da obras.

Tendo vendido 30% do TopMóveis, Sérgio Resende, diretor da Dinâmica Eventos, busca fechar contrato com a Setur para garantir o espaço de vez. "Nós já temos uma reserva com eles, mas ainda falta assinar o contrato. Na verdade, acredito que falta só o secretário sentar e despachar", argumentou.

Já o setor hoteleiro, um dos setores que mais será beneficiado com a conclusão e o funcionamento pleno do ExpoCeará, terá de ser projetar seu crescimento a partir de agora, segundo o tesoureiro da Associação Brasileira dos Hotéis no Ceará (ABH-CE), José Peixoto Simões. "Hoje podemos dizer que os hotéis cearenses são modernos, com 60% de ocupação. Mas, com o aumento da demanda a situação vai crescer", analisou, considerando o empreendimento um "marco no Ceará".

ARMANDO DE OLIVEIRA LIMAREPÓRTER

Nenhum comentário:

Postar um comentário