sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

Crato-CE: Canal transborda, inunda o centro com transtornos e 80 detentos são transferidos após chuva de 162 milímetros

O centro do Crato amanheceu debaixo de água após chuva de 162 milímetros – foram 137 mm no Lameiro - quando o Canal do Rio Grangeiro transbordou causando transtornos e prejuízos. Cerca de 100 lojas foram invadidas pelas águas que formaram grandes correntezas e um imenso rio, principalmente nas áreas mais baixas. Por volta de uma hora da madrugada desta sexta-feira, o volume das águas começou a subir rapidamente não demorando a transbordar e sair percorrendo pelas ruas. 


Equipes do Corpo de Bombeiros tiveram que trabalhar duro para evitar situações piores. Agentes do Demutran amanheceram o dia nas ruas impedindo o acesso de veículos e pessoas às áreas centrais por conta das inundações e riscos. Postes da rede elétrica caíram nas imediações do canal, algumas pontes ficaram comprometidas e uma delas ruiu no Bairro do Pimenta. Cerca de 100 lojas foram inundadas pela força das águas que, em alguns casos, destruíram os portões com sérios prejuízos.


Na cadeia pública de Crato mais transtornos quando os cerca de 80 detentos tiveram que ser transferidos às pressas para a Penitenciária Industrial e Regional do Cariri (Pirc), em Juazeiro do Norte, para não morrerem afogados. Segundo a esposa de um deles que pediu para não ser identificada, a água chegou à altura dos peitos, inclusive arrastando a geladeira e os móveis da sala da direção. A Pirc teve dificuldades para alojar e, a princípio, se negou a recebê-los.

Em alguns condomínios no centro de Crato, escadas foram usadas parar tirar moradores que ficaram assustados. O muro do Cemitério desabou a exemplo de uma residência localizada na área central, porém sem vítimas fatais. Na Avenida Padre Cícero uma frondosa árvore tombou e interditou parcialmente a rodovia que liga os municípios de Crato e Juazeiro à altura do Atacadão/Carrefour. Do outro lado, na Avenida Plácido Castelo, a conhecida Lagoa da APUC transbordou.
As águas inundaram a avenida impedindo a ligação por ela na direção da Avenida Ailton Gomes. Juazeiro fica no caminho da correnteza do Canal do Rio Grangeiro e, apesar da chuva de 85 milímetros, ainda recebeu muita água daquele córrego fazendo transbordar o Rio Salgadinho que banha a cidade. Moradores das áreas ribeirinhas, principalmente no bairro do Socorro, tiveram suas casas inundadas. A Peixada do Cantarele amanheceu debaixo de muita água, mas sem peixe e ele teve que comprar o pescado para esta sexta-feira.
Confira as chuvas de ontem para hoje em todo o Ceará, segundo o boletim oficial da Funceme (Fundação Cearense de Meteorologia): 

Nenhum comentário:

Postar um comentário