sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

UBM debate perspectivas para as mulheres no novo Brasil de Dilma


A União Brasileira de Mulheres (UBM) realiza no próximo sábado e domingo (22 e 23 de janeiro), no Instituto Salesiano Pio XI, em São Paulo, a reunião anual da Coordenação Nacional da entidade.

O evento irá reunir diversas lideranças nacionais do movimento de mulheres e contará com a participação da secretária da Mulher do Distrito Federal, Olgamir Amância (PCdoB-DF).

De forma ampla, o encontro irá debater “O Brasil em nova perspectiva: O protagonismo das Mulheres” - que também será tema da palestra proferida pela secretária Nacional de Mulheres do PCdoB, Liège Rocha.

Para a coordenadora Nacional da UBM, Elza Campos, a eleição da presidente Dilma Rousseff é um momento importante para avaliar o posicionamento da entidade diante do novo cenário político brasileiro. “A UBM vai discutir alternativas para participarmos efetivamente desse processo, tanto na cobrança de novas políticas públicas, quanto na aplicação e efetivação das já existentes”.

A entidade fará ainda um balanço das atividades desenvolvidas em 2010. Elza destaca a importância do posicionamento da entidade nas eleições presidenciais, a participação da UBM no Conselho Nacional de Direitos da Mulher (CNDM) e a atuação permanente na luta contra a violência doméstica e familiar.

“Lançamos o manifesto em apoio a Dilma e marcamos nossas bandeiras e posição. O aspecto da luta contra a violência doméstica e familiar é também uma das ações mais destacadas da UBM. Denunciamos os altos índices de violência, a subordinação e a dominação das mulheres”.

Elza ressaltou a reunião irá definir uma data para a realização do 8ª Congresso Nacional da UBM. “Essa será a nossa pauta de discussão no domingo. O tema central do congresso deverá ser a participação das mulheres na política. Apesar da vitória de Dilma, a participação das mulheres no poder Executivo e Legislativo ainda é muito pequena”.

Da redação
Mariana Viel

Nenhum comentário:

Postar um comentário