quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

Vereadores de SP aumentam remuneração e estimulam debate em Fortaleza


Os vereadores paulistas passam a receber, a partir de março, R$ 15 mil

Por: Antonio Oliveira

Os vereadores de Fortaleza terão motivos para queixas ao tomarem conhecimento da decisão dos membros da Câmara Municipal de São Paulo de aumentarem, a partir do mês de março, a própria remuneração. Cada um dos 55 vereadores paulistanos receberá um salário de R$ 15.033, um reajuste de 61,8% em relação à remuneração.
O aumento da remuneração dos vereadores, com base no salário dos deputados federais, gerou polêmica e fez a Câmara Municipal de Fortaleza recuar. Houve polêmica porque a medida foi considadera inconstitucinal. A decisão adotada pelos vereadores de São Paulo poderá, porém, provocar um novo debate entre os vereadores da capital cearense.
Cada vereador paulista custará R$ 114,8 mil por mês ao contribuinte. Isso porque, além de salários, ele recebe verbas para pagar assessores e custear despesas como serviços gráficos e postagens. O reajuste é o mesmo aprovado pelo Congresso no final de 2010 para os salários de deputados, senadores, ministros, presidente e vice-presidente da República.
O aumento para os vereadores é consequência do chamado "efeito cascata" -a partir do salário dos deputados federais são fixados os vencimentos dos estaduais (75% do federal) e dos vereadores (75% do estadual). 

Nenhum comentário:

Postar um comentário