quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

MOVIMENTO DEVE CRESCER Começa a busca por parcelamento e boletos do IPTU

Contribuintes com débitos de outros anos ou que querem antecipar a fatura já procuram atendimento na Sefin

Os boletos para o pagamento do IPTU (Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana) já estão chegando à residência do fortalezense, mas já tem gente se antecipando e comparecendo à Sefin (Secretaria de Finanças do Município) para pegar sua fatura, negociar dívidas de anos anteriores, ou resolver outras pendências. Quem precisar pode correr e aproveitar que a movimentação de contribuintes no órgão ainda é pequena, pois a chegada do dia do pagamento da cota única do imposto, em 7 de fevereiro, deverá levar um grande fluxo de pessoas ao local

O aposentando Raimundo Gomes, de 81 anos, compareceu à Secretaria para tentar isenção do tributo para sua residência. Apesar de ter direito ao benefício, continuou tendo que quitar o boleto de 2011. É que o titular do imóvel é seu sogro, já falecido. Portanto, obter a isenção só seria possível caso o imóvel fosse passado para o nome da esposa de Raimundo.

Ele preferiu não enfrentar a longa burocracia e decidiu quitar o boleto, além das dívidas que vinham se acumulando desde 2006. Para isso, vai reunir a documentação necessária (como a fotocópia da identidade da esposa, comprovante de residência e certidão do imóvel) e vai efetuar um parcelamento do débito de R$ 396. "Recebo R$ 400 e pouco. Vou parcelar e ir pagando devagarinho", afirma.

De acordo com a gerente do atendimento da Sefin, Liana Borges, para que o contribuinte possa realizar o parcelamento de exercícios anteriores, é necessário estar em dia com o boleto do ano passado. "As pessoas querem parcelar e acham que pode juntar todo o bolo de débitos dos anos anteriores e dividir, mas é necessário que o IPTU 2010 esteja em dia", explica.

Atendimento preparado
Quem for ao órgão também encontrará um atendimento mais preparado para receber a forte procura de pessoas neste início de ano, motivadas pela entrega dos papéis. Conforme informou a gerente do atendimento, os profissionais da Secretaria responsáveis por tratar de outras demandas, como ITBI (Imposto sobre a Transmissão de Bens Imóveis) ou ISS (Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza), desta vez, foram treinados e estão aptos a fazer atendimento do IPTU. Cerca de 80% dos serviços prestados neste período do ano referem-se à emissão do boleto.

Tributo
Este ano, quase 95% dos imóveis da Capital cearense não sofrerão alteração de alíquota e vão pagar a mais, com relação a 2010, somente a correção de 5,79% do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo Especial (IPCA-E).

Já para 20 mil contribuintes (3,8% do total), o imposto será até 75% mais salgado, por contado reajuste ocorrido no cálculo do IPTU do ano passado, que acarretou em mudança na faixa de alíquota de alguns imóveis. Esse incremento, nos imóveis de valores venais que ultrapassaram as faixas de percentuais, já poderia ter sido aplicado no ano passado, mas a lei do reajuste, (complementar nº 73, de 28 de dezembro de 2009) determinou que, exclusivamente em 2010, as alíquotas deveriam ser mantidas.

DIEGO BORGESREPÓRTER

Enquete Qual sua demanda?
"Quando o imóvel foi adquirido, o nome da rua era outro. Portanto, vim apenas para fazer a atualização do cadastro."
José Juarez51 anosGestor imobiliário

"Eu tenho isenção para o IPTU, então vim pegar o comprovante de que eu não vou precisar pagar nada neste ano."
Terezinha Alves75 anosAposentada

Nenhum comentário:

Postar um comentário