sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

Nova investigação - Juazeiro do Norte-Ce


A crise política no município de Juazeiro do Norte, na Região do Cariri, não tem dia, nem tem hora para terminar. Na tarde de ontem, a Câmara Municipal aprovou a instalação de uma nova comissão processante para investigar denúncias de irregularidade na licitação de uma obra da Prefeitura, e que pode levar ao novo impeachment do prefeito eleito, Manoel Santana (PT).


Segundo o vice-presidente da Casa, vereador Gledson Bezerra (PTB), que comandou a sessão, a investigação aponta para a licitação de uma obra orçada em R$ 180 mil, cuja a empresa vencedora da licitação pertenceria ao irmão da ex-chefe de Gabinete de Santana, Fátima Bandeira.

A comissão será presidida por Bezerra, e terá os vereadores Tarso Mágno (PSL) e Roberto Sampaio (PSB) como relator e secretário, respectivamente.

“A partir de amanhã, vou providenciar as notificações das pessoas que o prefeito apresentou na sua defesa prévia, para começar a ouvi-las”, adiantou Bezerra.

De acordo com o vereador, o prazo para a conclusão das investigações é de 120 dias. Bezerra também afirmou que relatório do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) comprovou as irregularidades.

Em contrapartida, O POVO apurou que Santana já iniciou uma reaproximação com os vereadores, tendo conversado com três deles: Delian Pinheiro (PSH) Valdo Filho (PTN) e Firmino Neto (PRP).

Gledson Bezerra afirmou que a Câmara Municipal ainda não recebeu a notificação do Tribunal de Justiça, que reconduziu Santana ao cargo de prefeito na última terça-feira, após o seu impeachment na véspera.

Por este motivo, a sessão de ontem foi presidida por ele, já que o vereador José de Amélia (PSL), “legalmente”, continua sendo o prefeito. “O vereador (Zé de Amélia) até estava presente na sessão, mas não tomou assento por orientação da assessoria jurídica da Casa”, disse.

O POVO tentou ouvir o prefeito Manoel Santana. Em seu gabinete, foi informado que ele se encontrava em Fortaleza. Ligações para seu celular não foram atendidas.

O quê

ENTENDA A NOTÍCIA

Esta é a segunda comissão aprovada pelos vereadores de Juazeiro. A primeira, que, no último dia 10, culminou no Impeachment de Santana, foi suspensa, em caráter liminar, pelo presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Ceará.


Thiago Paiva
thiagopaiva@opovo.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário